MD - TimeStats

Publicado por ruitukayana em 18 de Fev de 2014

Quer saber quanto tempo é que passa todos o dias no sites que visita?

Se tiver o Chrome no seu PC pode instalar o TimeStats.

Comentar

Partilhar

MD - Cinemagram: para os fãs dos gifs animados

Publicado por ruitukayana em 06 de Fev de 2014

Está numa de GIFs animados? Faça-os com o Cinemagram.

Comentar

Partilhar

MD - 10 anos de Facebook

Publicado por ruitukayana em 04 de Fev de 2014

Neste dia em que o Facebook celebra 10 anos, o Mundo Digital não podia passar ao lado da grande rede social. O que propomos são uma série de ferramentas e aplicações que ou dão novas funcionalidades ao site ou então, pelo contrário, o relegam para segundo plano.

Começamos com o Tinder e o Down. São duas aplicações para os smartphones para quem procura relacionamentos. Sérios ou não.

Outra sugestão que aqui se deixa é a nova aplicação do Facebook para os smartphones. Chama-se Paper e para já apenas existe numa versão compatível com os iPhones e para quem vive nos Estados Unidos. Mas há uma forma muito simples de contornar essa dificuldade. Passa por fazer a loja da Apple pensar que estamos na América.

Cá vai:
1 - Pegue no iPhone e vá à "App Store".
2 - Toque em "Em destaque" e vá até ao fundo do lista.
3 - Aí vai ver o seu "ID Apple". Toque nele se faz favor.
4 - "Ver ID Apple"
5 - escreva a sua palavra passe
6 -  Entre várias opções aparece uma que diz qualquer coisa como "Mudar país ou região".
7 - Escolha os Estados Unidos da América.
8 - Concorde com tudo o que lhe for aparecendo.
9 - Esta é a parte mais complicada. A Apple pede um método de pagamento que seja válido nos EUA. Mas não tem mal. Como o "Paper" é gratuito, basta escolher "nenhum"  nas opções de pagamento. Não se esqueça de dar um toque no "seguinte" que aparece no canto inferior direito.
10 - Faça o download do "Facebook Paper".
11 - Volte a fazer tudo o que estava acima, mas não se esqueça de seleccionar Portugal como o seu país na App Store. Não se preocupe que o Paper não vai desaparecer.
12 - Nota final: quando sair a versão portuguesa desta app, deve fazer o download dela. Vai ser mais fácil actualizar o programa.


Por fim, uma repetição.
Já por aqui se falou do StayFocusd mas hoje voltamos à carga. Esta é uma extensão, um extra, para o browser Chrome que tem como função controlar e impedir exageros relativamente ao tempo que cada um passa no Facebook. Basta instalar, configurar para que permita X minutos diários e já está. No final desse tempo, ponto final, o site fica bloqueado até ao dia seguinte.

Comentar

Partilhar

MD - Os rumores à volta da MWC 2014

Publicado por ruitukayana em 22 de Jan de 2014

HTC, Samsung, Nokia, LG e Sony, todas estão a preparar o lançamento de smartphones e tablets durante a Mobile World Congress. Esta é a maior mostra do mundo focada nas tecnologias móveis e durante alguns dias é o centro do universo para quem gosta de telemóveis. Uma feira que está marcada para a segunda metade de Fevereiro.

Apesar da distância temporal já correm uma série de rumores acerca do que aí vem.

Esta semana é a este tema que nos dedicamos.

 

 

Comentar

Partilhar

Cristiano Ronaldo recebeu um iWatch da Apple?

Publicado por ruitukayana em 16 de Jan de 2014

Cristiano Ronaldo recebeu um iWatch da Apple. A existência do relógio da Apple ainda não foi confirmada pela empresa, mas a notícia está numa reportagem hoje publicada pela revista SÁBADO que acompanhou, nos bastidores, a entrega da Bola de Ouro ao futebolista português.

 

Há já vários anos que a existência do iWatch tem vindo a ser alvo de especulação, a Apple nunca negou que estivesse a trabalhar nesta combinação de relógio e iPhone, houve alturas em que foi dito que o lançamento estaria para breve, mas até agora nada.

Até hoje.

Conta a revista que «cerca de uma hora antes de começar a gala Ballon d'Or, [...] Cristiano Ronaldo esteve num encontro organizado pela FIFPro, o organismo que representa os sindicatos de futebolistas de todo o mundo. Houve um convívio com os jogadiores eleitos os melhores do ano nas suas posições. [...] "O Ronaldo apareceu lá de ténis, t-shirt e boné, e levou o filho. Estava muito descontraído e bem-disposto. Estivemos a conversar sobre trivialidades" recorda à SÁBADO Joaquim Evangelista, presidente do Sindicato dos Jogadores. [...] No ano passado a Associação FIFPro tinha oferecido aos jogadores um iPad mini. Este ano a prenda foi um iWatch, uma espécie de iPod em relógio. Joaquim Evangelista ia para dar o relógio a Ronaldo mas recuou: "vou dar isto antes ao teu filho". Quando fez a oferta, disse-lhe: "é para acordares o teu pai"».

A confirmar-se que foi a criança que ficou com o iWatch, o jogador português pode ainda não saber que recebeu um produto (para já) único e cobiçado por milhões de pessoas. Pode ser que alguém mostre este texto a Cristiano Ronaldo e ele, aí sim, talvez se aperceba que o novo relógio do filho é uma prenda muito especial.

De referir que apesar de nunca ter sido visto ou fotografado, pela net encontram-se muitas supostas recriações (de fãs) do iWatch. Ficam por aqui algumas.











Já agora,fica também uma fotografia da reportagem que está ana SÁBADO.

 

Comentar

Partilhar

MD - A internet mais legível

Publicado por ruitukayana em 15 de Jan de 2014

Os sites com letras demasiado pequenas podem não ser um problema para toda a gente, mas para quem vê mal, ou para quem não quer esforçar demasiado a vista, aquelas fontes mais pequeninas, são uma tremenda chatice.

Quem sofre com isto já conhece uma solução: quando se navega na net, no teclado, pressiona-se ao mesmo tempo o “Control” e o “Mais” e, por artes mágicas, tudo aumenta um pouco. O problema é que para além do texto, as imagens também crescem e não tarda nada as páginas ficam todas deformadas.



Ora, é aqui que entram o Minimum Font e o No Small Text, duas extenções, uma para o Chrome a outra para o Firefox, que atacam o problema de outra forma.

Ambas permitem configurar um tamanho mínimo para as letras e, finalmente, aqueles a quem custa navegar na internet passam a ter a vida facilitada.

Mas há ainda outras duas alternativas. Tanto o iReader como o Readability (Firefox) são fantásticos numa coisa: em sites com notícias, ou com textos grandes, eles são capazes de destacar o texto do restom. Fazem crescer o tamanho da fonte e tornam a leitura muito mais facilitada.

1 comentário(s)

Partilhar

MD - CES 2014: Os Melhores da CES

Publicado por ruitukayana em 14 de Jan de 2014

Os prémios Best of CES são os oficiais da Consumer Electronics Show e são atribuidos pelo site Engadget.


Neles, o grande vencedor foi um equipamento chamado Oculus Rift, mas há outros que merecem ser conhecidos.

Comentar

Partilhar

MD - CES 2014: Verge Awards

Publicado por ruitukayana em 13 de Jan de 2014

Mais destaques da Consumer Electronics Show 2014. 

Desta vez é o site The Verge a sublinhar aquilo que mais gostou.

Comentar

Partilhar

MD - CES 2014 Hot Stuff

Publicado por ruitukayana em 10 de Jan de 2014

Acabada a CES, revelam-se as melhores propostas.

A revista STUFF tem aqui as suas escolhas.

Comentar

Partilhar

MD - CES 2014: As TVs de dois metros e meio

Publicado por ruitukayana em 08 de Jan de 2014

Na CES 2014, em Las Vegas, trava-se mais um capítulo da eterna guerra dos televisores de enormes proporções.


Destaque, desta vez, para uma batalha em coreano entre a Samsung e a LG. Dois metros e meio de batalha, bem entendido.


Comentar

Partilhar

MD - A panela 2.0 da Belkin

Publicado por ruitukayana em 07 de Jan de 2014

A Belkin produz pequenos equipamentos electrónicos e muitos acessórios. Faz routers para as redes sem-fios, teclados para tablets, capas protectoras para os telemóveis e entre muitas outras coisas, agora, a Belkin está a tratar de produzir equipamento de cozinha.


O equipamento chama-se Belkin Crock-Pot WeMo Smart Slow Cooker e no meio de tanta palavra há uma que dá a entender como tudo funciona: WeMo.

A Belkin tem outros equipamentos com esta tecnologia e, tal como eles, a panela pode ser ligada à internet.

Comentar

Partilhar

Novo Smartphone? Aqui há apps...

Publicado por ruitukayana em 06 de Jan de 2014

O Natal já lá vai, mas muitos ainda se estarão a adaptar ao smartphone que o Pai Natal deixou no sapatinho. Quem tinha um antigo por esta altura já tratou de passar os contactos para o novo telemóvel e agora está perante um enorme desafio e um mundo de possibilidades que o ecrã tactil traz consigo.

Escolher que apps instalar é uma tarefa bem difícil. Ora, para facilitar essa transição, o site The Verge compôs uma série de listas com as melhores apps para cada sistema operativo. Estão aqui para o iPhone, o Android e para o Windows Phone.

Comentar

Partilhar

MD - Os melhores do ano para o Mundo Digital

Publicado por ruitukayana em 23 de Dez de 2013

2013 foi um ano cheio de tecnologia e produtos interessantes. Durante as semanas de Natal de Ano Novo vamos destacar algumas das coisas que mais gostamos. No site principal da TSF já está publicada uma galeria com parte daquilo que mais nos pôs a querer ser muito ricos.

Os melhores do ano para o Mundo Digital estão aqui.

Comentar

Partilhar

MD - Natal de última hora

Publicado por ruitukayana em 20 de Dez de 2013

Está à procura de prendas de última hora e quer evitar as filas nas lojas dos grandes centros comerciais? Não há muito por onde fugir. Ou encontra o que procura num estabelecimento mais pequeno… ou aposta nas lojas online… e reza para que a encomenda chegue a tempo.


Por outro lado, pode apostar em compras virtuais.

Música!

Álbuns inteiros que podem ser descarregados directamente no leitor de MP3. E nesta altura do ano encontram-se bons negócios. O iTunes é a sugestão mais óbvia, mas eu prefiro o 7 Digital.

Apps!

Ofereça programas para os computadores ou para os smartphones e tablets que, além de baratos podem ser muito úteis.

Pode apostar também em Vales-Oferta da Apple, ou da Amazon Inglesa, ou americana :) que depois o sortudo terá o prazer de gastar naquilo que muito bem entender.

Ou então jogos! Nas appstores dos smartphones e tablets Android ou não, encontra um número sem fim destes jogos mas se procura bons negócios, a pensar nos computadores, então talvez seja boa ideia passar pelo site Humble Store. Por lá encontra excelentes jogos com enormes descontos.


Comentar

Partilhar

MD - Apple Mac Pro à venda

Publicado por ruitukayana em 19 de Dez de 2013

Procura um supercomputador, com um desenho, especificações tecnicas e um preço do outro mundo?

A Apple tem uma proposta para si. É o novo Mac Pro. Foi posto à venda hoje na América e mais barato custa o equivalente a 2100 euros. Cá só vão estar à venda no início de 2014 e vão custar mais mil euros do que os congéneres americanos.

Três mil e quatro mil euros.

Comentar

Partilhar

Teste / Review ao iRobot Roomba 780

Publicado por ruitukayana em 17 de Dez de 2013

Sou fã dos Roomba há já muito tempo. Conheci estes robôs aspiradores quando os produtos da iRobot ainda nem eram comercializados na Europa. Felizmente isso mudou.

Com o passar dos anos novos modelos foram saindo, com melhorias evidentes, mas mesmo assim eu só os conhecia no papel.

Até hoje.

Introdução / Design

Os Roomba são pioneiros no campeonato dos aspiradores robotizados. O formato circular é uma imagem de marca dos equipamentos não só da iRobot, mas também de outras marcas que entretanto começaram a lançar os seus próprios robôs. 

 

Muitos olharão para este formato e pensarão que a máquina não consegue chegar aos cantos e o pó fica todo acumulado nessas zonas. Não é assim. Os Roomba actuais têm uma pequena escova circular, colocada num eixo lateral do robô, que consegue apanhar a sujidade que fica nessas zonas mais complicadas.

Por outro lado, é baixinho. Boa ideia. Só assim se consegue enfiar debaixo dos sofás e de alguns móveis.

Em relação aos modelos mais antigos noto ainda uma outra diferença importante. Estes Roomba têm um pára-choques. Apesar da velocidade que atingem não ser muito elevada os donos de Roombas mais antigos devem ter-se queixado que o plástico rachou numa batida mais forte. Terá sido por isso que a iRobot concebeu esta forma de absorver as pancadas. Até ver funciona.

Primeiro contacto

É quando se tira um Roomba da caixa, que se toma o primeiro contacto com uma série de coisas estranhas que iremos passar a ver todos os dias, ou pelo menos quase sempre que se usa a máquina. É o utilizador que tem de instalar as escovas no sítio correcto. Não custa nada e é algo que terá de fazer com regularidade para as limpar o melhor possível. Uma é de borracha e nessa o trabalho não vai ser muito, a outra é mais ao estilo de uma vassoura normal e é a que sofre mais. Todos os dias fica com pêlos e cabelos compridos agarrados e convém tirá-los. É também preciso pôr no sítio o reservatório onde ficará o lixo aspirado.

Também isto não custa nada e é muito fácil voltar a tira-lo para deitar o conteúdo num balde do lixo. Também esta operação vai ser feita com muita regularidade já que o contentor não é assim tão grande e enche-se com facilidade.

Os Acessórios

Cabe-me aqui destacar duas peças que não fazendo parte do robô, podem ser muito úteis. A primeira é a “Docking Station”, na prática é esta a peça que serve de “casa” ao Roomba e permite carregar-lhe a bateria. Esta não só é útil, como imprescendível.

A outra tecnologia chama-se “virtual wall”.

Trata-se de um outro equipamento que faz de parede virtual capaz de confinar o Roomba a um determinado espaço. Se não quiser que o robô vá para uma qualquer zona da casa, use isto. Funciona com pilhas.

Tecnologia

A forma como estes robôs funcionam é espantosa.

Quando o importador nacional me perguntou se eu estaria interessado em fazer um teste aos Roomba eu disse que sim mas omiti, propositamente, alguns pormenores. Não lhes disse por exemplo, que temos um cão (já lá vou) e que vivo numa habitação de dois pisos. Ou seja, não lhes falei nem de pêlo, nem de escadas.

As escadas eram justamente a nossa maior preocupação. Eu já tinha lido que o Roomba as detecta sem qualquer problema e faz marcha atrás na hora H, mas uma coisa é ler um artigo na net, outra coisa é partir uma máquina destas enviada de boa fé pelo importador.

Confirmou-se o que eu já havia lido: as escadas não são problema.

Na parte de baixo do robô, para além das escovas, das rodas e do reservatório para o lixo e pó, existem também seis sensores que estão continuamente a sondar o chão de forma a garantirem a segurança da máquina. Até agora não falharam. Apenas uma vez me deparei com uma situação mais complicada: o Roomba avançou a todo o vapôr em direcção ao precipício e como a velocidade era demasiada (presumo que foi isso) ele estancou antes de cair, mas em vez de fazer marcha atrás, como das outras 999 vezes, ouviu-se uma voz a dizer qualquer coisa como “Erro! Leve o Roomba para outra localização”. Foi o que fiz. Nunca mais voltou a acontecer embora duvide que tenha aprendido a lição.

Manutenção

O tempo que passei com esta máquina não foi suficiente para avaliar o seu desgaste ao longo do tempo. Seja como for, ninguém deve esperar que os Roomba durem para sempre. Principalmente no que diz respeito às escovas. Aliás, não é a toa que alguns modelos já são vendidos com acessórios extra de forma a substituirem-se aqueles que trabalharam demais.

Por outro lado, a vida útil de tudo o que tenha a ver com o Roomba pode ser potenciada com a limpeza manual das peças.

E não custa muito. De dois em dois dias retiram-se as escovas e removem-se os pêlos (de cão) e cabelos que entretanto se agarraram à escova e ela fica como nova. Na caixa vêm uns acessórios para tratar disso.

Modos de Utilização

Uma das surpresas quando se abre a caixa deste aspirador é que não há manual. O que acontece é que os Roomba não têm segredos. O botão CLEAN põe o robô a aspirar a casa e não tem de se preocupar com mais nada. Se ele partir da “Docking Station” é até capaz de regressar para carregar a bateria. Parece magia.

Na parte frontal do Roomba há ainda outros botões: DOCK, CLOCK, SCHEDULE e o SPOT. Destes apenas dois merecem destaque. Quando se pressiona o SPOT o robô concentra o seu trabalho numa zona em concreto e o SCHEDULE permite agendar limpezas automáticas. Por exemplo, todos os sábados, terças, e quintas às 11h. Ou então em qualquer outro dia e a qualquer outra hora.

A Aspirar

É quando se clica no CLEAN que a magia começa. Movido por uma vontade férrea o Roomba começa de imediato a mapear e a aspirar a casa. Nos primeiros momentos parece mais interessado em conhecer o terreno por onde se move, mas desde logo dedica-se às limpezas. E trabalha muito bem.

Porque temos um cão cá em casa, todos os dias temos que varrer o chão. Tem sido assim nos últimos cinco anos. Com a excepção destes últimos dias. O Roomba tem feito um excelente trabalho e enche o depósito com pêlo de cão, mas não só. Apanha bastante pó e quando esvaziamos o reservatório do lixo encontramos com facilidade migalhas e pequenos objectos que foram apanhados pelo robô.

Mas para que a coisa funcione bem (e funciona mesmo bem) é preciso tomar algumas precauções. Para garantir que o robô aspira por baixo das mesas é boa ideia tirar as cadeiras. E quem diz isto diz qualquer objecto que pareça que vá tornar a tarefa mais complicada. Aqui em casa fazemos isso apenas com as cadeiras e nem sempre o fazemos.

Mas o maior inimigo do Roomba é outro. Este robô detesta as extensões electricas e cabos pelo chão. Estas são mais difíceis de tirar do caminho e é uma pena pois o pequeno robô-aspirador tem uma tendência inata para se enfiar no meio delas. O que vale é que sempre que se vê numa situação enrascada, ou seja, sempre que se sente preso, ele começa a girar as escovas no sentido contrário e consegue desencravar-se. Seja como for, quantas menos extensões ele encontrar pelo caminho, melhor.

Já os tapetes e pequenos obstáculos não são problema.

Quando detecta que está com dificuldades em avançar, o Roomba tem uns amortecedores de fazer inveja a muito automóvel e trata de subir para cima das carpetes. Francamente, isto não assunto.


Cá em casa temos tapetes de vários tipos (até dos mais felpudos) e o robô chega para eles todos.

Conclusões

Esta semana e pouco de testes acabou por dissipar as reservas que eu tinha relativamente aos Roomba. Pensei que estes aspiradores do século XXI se dariam mal em casas onde os cães largam mais pêlo do que os donos gostam de admitir, mas a verdade é que não é assim. Durante uma semana a vassoura ficou parada e isso é histórico cá em casa. Mas não é só pêlo que ele aspira! O pó que se acumula e as migalhas que caem ao chão afinal são muitas mais do que eu imaginava, mas só desta forma é que me apercebi.

Como qualquer aspirador faz algum barulho. Para evitar esse ruído limito-me a pô-lo a trabalhar num compartimento onde eu não esteja. E confesso que às vezes até me sabe bem ouvi-lo, a trabalhar, no quarto ao lado, a embater num móvel e a aspirar na minha vez. Isso sabe-me mesmo bem. :)

No campo das preocupações, sublinho a atenção que se tem de ter em dois momentos. Primeiro: há quartos que têm de ser “preparados” para receber o Roomba. As cadeiras e as extensões electricas não são os melhores amigos do robô-aspirador. Segundo: depois de uma ou duas limpezas, convém tratar-lhe das escovas e esvaziar o depósito do lixo.

Há ainda uma outra preocupação: o preço. A Cleverhouse, o importador nacional destes robôs, tem alguns modelos disponíveis, mas o mais barato fica por 400 euros. Quatrocentos euros é dinheiro. Muita gente, como eu anteriormente, se interroga se estas máquinas valem o preço que custam. A resposta a essa questão depende. Depende do tempo que cada um passa a aspirar e a varrer a casa e também se gosta ou não de perder esse tempo nessas tarefas. Eu não gosto mesmo nada e, até hoje, o meu aspirador e a minha vassoura não são capazes de trabalhar de forma autónoma.

Últimas Linhas

Ainda antes de ver um Roomba a trabalhar eu já era crente do conceito. Agora sou um fiel praticante. Estes robôs são impressionantes.

Comentar

Partilhar

MD - QUID Box vence prémio na CES 2014

Publicado por ruitukayana em 17 de Dez de 2013

A CES 2014 já mexe! A maior feira de tecnologia de consumo do outro lado do Atlântico só começa na segunda semana do próximo ano, mas já foram anunciados os vencedores dos prémios de inovação.

E um deles fala português.


É uma caixa que se liga à TV, pode ser contorlada por voz e gestos e segundo a empresa que a desenvolveu é barata. O júri da CES concordou.

Chama-se QUID Box e venceu na categoria Componentes Domésticos de Audio-Vídeo.

Comentar

Partilhar

MD - Mudar do Gmail para o Outlook

Publicado por ruitukayana em 16 de Dez de 2013

Está farto da Google e quer dar o salto do Gmail para o Outlook da Microsoft?

Não está sozinho.

A boa notícia é que a empresa fundada por Bill Gates lançou uma ferramenta que ajuda nessa "transfega".

Encontra-a aqui.

3 comentário(s)

Partilhar

MD - Spotify Grátis agora nos telemóveis

Publicado por ruitukayana em 12 de Dez de 2013

Até agora, quem queira ter acesso ao Spotify nos tablets ou telemóveis tinha de pagar.

Já não é assim.

Comentar

Partilhar

MD - Os downloads para o Windows em 2013

Publicado por ruitukayana em 11 de Dez de 2013

Com o ano a chegar ao fim o site Lifehacker dedica-se a fazer a já habitual lista de melhores programas para o Windows em 2013.


É uma lista que todos os anos é reformulada mas desta vez tem o picante do Windows 8. O sistema operativo que este ano se começou a popularizar.

O Lifehacker divide os downloads por categorias. Começa com a produtividade. O Launchy, o PhraseExpress, o Wunderlist e o LibreOffice, entre outros, estão lá.

A abrir a categoria internet está o navegador Chrome. Depois, entre os recomendados estão também o Pidgin, o Skype e Thunderbird.

Outra categoria é a de Música, Video e Fotos. Começa com o leitor de vídeos VLC, passa pelo Picasa, e inclui ainda o Spotify.

No sector das utilidades o grande destaque vai para o Dropbox, o Crashplan e para o RevoUninstaler.

Sublinhe-se no entanto que a lista inclui outros títulos para além destes. Estão todos aqui.

Comentar

Partilhar

MD - Stuff Gadgets Awards 2013

Publicado por ruitukayana em 04 de Dez de 2013

Os melhores gadgets para a revista Stuff?


Estão aqui.

Comentar

Partilhar

MD - Nexus 5 à venda em Portugal

Publicado por ruitukayana em 03 de Dez de 2013

Chegou hoje a Portugal o mais recente membro da família Nexus, os smartphones e tablets com selo Google que, ao contrário do que é habitual, vêm de origem com o sistema operativo Android na sua forma mais pura. São telemóveis sem as aplicações criadas pelo fabricante que na maior parte das vezes, de nada servem.

Chama-se Nexus 5 e é fabricado pela LG.

 

Olhando para ele, percebe-se que é o Nexus mais fino de sempre mas não é só por aí que ele se destaca. Vem de origem com o Android 4.4, tem um ecrã de 5 polegadas com uma resolução full HD, 2GB de RAM, um processador quadcore a 2,26GHZ e ainda uma câmara de 8MP com estabilizador de imagem. Esta última é uma boa notícia, principalmente, para os vídeos. 

Infelizmente, a Google continua a não vender directamente para Portugal o Nexus 5, por isso, só com soluções de recurso é que se pode comprar o telemóvel sem ter de se ir pelas operadoras.

Essas, puseram-no à venda esta manhã. TMN e Optimus têm o Nexus 5 disponível nas suas lojas online. A Optimus vende-o por preços que vão dos 280 até aos 450 euros. A TMN propõe €440.

Só mais uma nota: em Portugal o que há é o modelo de 16GB.

Comentar

Partilhar

MD - Super Mario 3D World

Publicado por ruitukayana em 29 de Nov de 2013

No dia em que a PlayStation 4 chega às lojas portuguesas, mais um representante da nova geração de consolas, aqui com o selo Sony, há outro nome mítico dos jogos que regressa às prateleiras.


Super Mário, o canalizador da Nintendo, é a estrela de um novo jogo em que a marca japonesa aposta forte.

Historicamente nos jogos do Super Mario o canalizador tem uma importante missão: salvar a princesa. Desta vez, no entanto, e na visão do New York Times, o salvamento é o da própria consola Wii U da Nintendo.

O jogo Super Mario 3D World foi esta semana analizado por este diário, que é um dos mais importantes jornais do mundo e sai-se muitíssimo bem do escrutínio.

O jornalista começa por explicar que em casa tem uma XBOX One e uma PS4 ainda a cheirar a novo, mas diz que os jogos que saíram no primeiro momento com essas consolas não têm piada. O oposto deste Super Mario 3D World que sai do jornal com o título de melhor jogo neste final de ano.

O Times de Nova Iorque sublinha que as vendas da Wii U estão muito em baixo. São tão más que na Europa são mais as unidades devolvidas à Nintendo pelas lojas do que aquelas que são vendidas ao público.

No entanto, repete o jornal, entre a nova geração de consolas, a Wii U é a única que tem um jogo que vale a pena jogar. O Super Mario 3D World é o melhor Mário desde há anos. Uma «surreal celebração dos jogos e da exploração cheio de mudanças de perspectiva e com um uso muito imaginativo da luz e das sombras».

Super Mario quer salvar a princesa mas pode dar um enorme pulo e salvar a consola. Resta saber se ainda vai a tempo, agora que as concorrentes estão no mercado.

Comentar

Partilhar

MD - Google agora com voz

Publicado por ruitukayana em 28 de Nov de 2013

Estará não só nos gestos, mas também na voz, a forma como no futuro próximo iremos interagir tanto com os nossos gadgets como com os electrodomésticos.c Nas televisões e nas consolas isso já é visivel. As mais avançadas reconhecem os utilizadores e estão sempre à escuta e à espreita, para satisfazerem os desejos dos seus donos.


Nos telemóveis, por cá, esta nova forma de nos relacionarmos com as máquinas ainda é rara, mas muitos conhecerão o exemplo Siri. Este software transforma o iPhone numa espécie de secretária do senhor engenheiro, capaz de descobrir por ele um bom restaurante italiano, ou um hotel em Paris com vista para a catedral de Notre Dame.

Uma funcionalidade que a Google também já implementou nos seus telemóveis e que agora faz chegar aos computadores.

Quem tiver um PC com o Chrome, para navegar na internet pode instalar um extra que permite falar para a máquina em vez de escrever as buscas no campo de procura ou até os endereços de internet.

A interacção para já funciona no site americano da gigante da internet e começa com as palavras mágicas "OK Google" a partir daí é navegar e não funciona nada mal.

O problema é o barulho!

Se a moda pegar (e nos Estados Unidos a Siri não foi assim tão bem aceite) os gabinetes, os autocarros e as repartições públicas vão ser locais ainda mais barulhentos.

Enquanto isso não acontece nada como instalar este extra e ver que tal.

Comentar

Partilhar

MD - Gadget Awards 2013

Publicado por ruitukayana em 27 de Nov de 2013

A Stuff está a avançar com os candidatos para os melhores gadgets e afins do ano. 


São várias as categorias a espreitar. 

Estão aqui.

Comentar

Partilhar

MD - Apps para "selfies"

Publicado por ruitukayana em 21 de Nov de 2013

Foi no início desta semana que os editores dos dicionários Oxford, em Inglaterra, escolheram “selfie” como a palavra do ano.

“Selfies” são aquelas fotografias tipo autoretratos (ou grupo-retrato) tirados de braço estendido e, normalmente, com o recurso a um telemóvel. Em português a palavra pode ser traduzida para qualquer coisa como um “euzinho” ou uma “euzinha” e o Facebook está a abarrotar com elas.

A minha primeira
A minha primeira "selfie"

Ora, na semana em que esta expressão se tornou a palavra do ano em Inglaterra, o Instagram, uma das maiores redes sociais das fotografias e talvez a maior das selfies, faz saber que acaba de lançar uma aplicação compatível com os smartphones sujo sistema operativo é o Windows Phone.

Este sistema operativo tem sentido dificuldades em atrair programadores para fazerem apps compatíveis com ele e este anúncio é importante porque o Instagram é uma das ferramentas preferidas de quem gosta de tratar o telemóvel como se fosse uma máquina fotográfica. Tem milhões de utilizadores

Mas esta aplicação está longe de ser a única onde se podem tirar boas selfies!

Para quem veio até à procura de sugestões de apps para as fotografias, aqui ficam elas:

iOS - Everyday / Pixtr / Cam Me / Over / Camera + / GoldfrApp / Pro Camera / Snapseed / Instagram / Photo Editor by Aviary

Android - Pixtr / Snapseed / Instagram / Photo Editor by Aviary

Comentar

Partilhar

MD - Jogos a pensar no Natal 2014

Publicado por ruitukayana em 19 de Nov de 2013

A poucos dias do lançamento em Portugal da PS4, os grandes jogos para as consolas e computadores, aqueles que investem milhões no desenvolvimento e na publicidade, já estão todos à venda e à espera do retorno do investimento.

Destacamos alguns.


É o caso de Batman Arkham Origins, um título com uma jogabilidade muito inspirada nos jogos mais recentes à volta do homem-morcego. Um belo Batman com grandes momentos.

Nos jogos de guerra a competição continua a ser entre os eternos rivais. Louva-se a acção, os gráficos e o nível de destruição no Battlefield 4, já o Call of Duty Ghosts merece créditos pela estória no modo campanha e por ter melhorado muito o modo multi-jogador online.

Para quem gosta de futebol não há surpresas. O FIFA 14 é uma aposta certa e para os mourinhos do sofá o Football Manager 2014 promete muito trabalho.

No campo da estratégia a saga XCOM volta a atacar, desta vez com Enemy Within. Joga-se nas consolas e nos PCs. Quem tem um iPhone, iPad, ou algo com o Android deve experimentar o recomendadíssimo XCom: Enemy Unknown.

Um género que ultimamente tem ganho fãs é o do suspance e sobrevivência. Aqui ganha, com facilidade o The Last Of Us. Por outro lado, também o Beyond: Two Souls, um quase filme interactivo também merece ser ponderado.

E depois há também o GTA V. Talvez o melhor jogo do ano.

Tudo... recomendações quase deixando de fora a nova geração de consolas que aí vem. Isto porque a Nintendo Wii U já está entre nós. Nela para além dos jogos recomendados anteriormente destacam-se ainda as plataformas do Rayman Legends e o excelente Zelda: The Wind Waker.

Comentar

Partilhar

MD - Melhores negócios online

Publicado por ruitukayana em 18 de Nov de 2013

Comprar online ainda está longe de ser uma tradição, mas espreitar os sites não custa e quem quiser ou puder esperar um pouco mais, então pesquisar lá fora é uma excelente ideia. Basta lembrar que o IVA em Portugal é superior ao praticado em muitos outros países europeus.

Por aqui já foram várias as vezes que recomendamos a Amazon. No site inglês e no que diz respeito a brinquedos, tecnologia, roupa e outras coisas... encontra-se muita preços bem mais baratos do que em Portugal e em mais de 90% das vezes. O envio para cá é gratuito.

A política de trocas é excelente e se o preço baixar até um mês depois da compra se o cliente pedir a Amazon devolve o que foi pago mais.

Mas na net há sites que facilitam ainda mais a vida a quem quer comprar online principalmente na Amazon.


É o caso do CamelCamelCamel um site que se dedica a registar a variação de preços de tudo o que a Amazon vende. Mas para além dos gráficos faz uma outra coisa. Se o utilizador quiser pode escolher um produto e ou pedir para ser avisado no dia em que o preço baixar ou então escolher ser avisado quando o custo atingir um determinado valor. Baixo, entenda-se. E todos estes serviços são gratuitos.

Funções que também são oferecidos pelo Pricenoia. Acompanha preços, avisa utilizadores e, melhor ainda, compara entre todas as Amazons do Mundo ou seja, a americana, inglesa, francesa, alemã, espanhola e outras e diz ao internauta e identifica onde é que está mais barato um qualquer produto que se esteja à procura.

Para além de tudo isto, diariamente revelam quais os melhores negócios e as maiores descidas de preço em qualquer Amazon, nesse dia.

Já agora, só mais uma dica, dentro de sete dias a Amazon arranca com uma semana de descontos que termina na tradicional Black Friday.

Chega tudo a tempo do Natal.


Comentar

Partilhar

MD - ciberataque à Adobe com 152 milhões afectados

Publicado por ruitukayana em 11 de Nov de 2013

Esta notícia tem já alguns dias mas os últimos desenvolvimentos não são positivos e por isso convém mesmo falar nela.

Há cerca de um mês os servidores da Adobe foram atacados e os dados relativos a quase três milhões de clientes foram apanhados.

O assunto é grave já que a empresa é um nome gigante no campo da informática. Basta dar três exemplos do que por ali se desenvolve: o acrobat Reader para os PDFs é de lá que sai, o flash das animações de internet também e o Photoshop tem selo Adobe.

Ora, numa primeira fase a empresa, não chegou a revelar quantos nomes de utilizador e passwords é que caíram nas mãos erradas. a Adobe o que disse é que alguns dados relativos a 2.9 milhões de clientes foram acedidos. Entre esses dados estão os nomes, os números de cartões de crédito e as datas em que estes expiram. Enfim tudo o que é preciso para dar asneira. A Adobe garantiu que iria contactar os bancos e todos os afectados com o problema dos cartões.


Semanas mais tarde, a empresa admitia que além destes,outros 38 milhões de utilizadores tinham sido atacados mas sem a mesma gravidade.

Números que a LastPass põe em causa. Esta companhia especializada na segurança de dados online garante ter encontrado na net as palavras-passe os emails e até as respostas para a recuperação de passwords de cerca de 152 milhões de contas da Adobe.

A empresa nega e sublinha que muitas dessas contas estavam já desactivadas mas o problema não é esse. O preocupante é que quase toda a gente usa as mesmas palavras-passe por toda a internet e mesmo que esses dados já não funcionem na Adobe, podem ser usados em muitos outros sites.

Manda o bom-senso que se puxe pela cabeça para se lembrar se tem ou já teve uma conta com a Adobe. Se sim, está na hora de mudar de palavras-passe. A LastPass foi amiga e deu-se ao trabalho de criar uma ferramenta que avalia rapidamente se a nossa conta de email foi atacada ou não.

Eu fui. Descobri agora que estava a escrever este post para o blogue.

A confirmarem-se as tais 152 milhões de contas afectadas estamos perante o maior cíberataque deste género da história.

1 comentário(s)

Partilhar

MD - StayFocusd

Publicado por ruitukayana em 08 de Nov de 2013

Hoje no Mundo Digital da TSF temos uma sugestão. É que se uns têm um perfeito domínio sobre o tempo que passam e que perdem nas redes sociais, outros nem por isso.

Desses, muitos podem nem dar conta do tempo que ali perdem, mas mutos outros podem estar perfeitamente cientes disso e no entanto não conseguem parar.


É para estes que o Mundo Digital tem uma sugestão.

Uma extensão para o navegador de internet Chrome que limita o tempo que o internauta pode passar a olhar para não só o facebook, como sites ou vídeos aos quais se tenha chegado através da grande rede social. O tempo a partir do qual o StayFocusd bloqueia (e bloqueia mesmo!) é configurado pelo utilizador. Pode escolher 10, 20, 30 minutos ou qualquer outra coisa. Esgotado esse tempo não há facebook para ninguém.


Para o usar precisa do chrome mas até isso é uma boa ideia já que o chrome é o melhor navegador dos que actualmente estão disponíveis, é bastante popular e por isso até já o pode usar.

Depois só tem de ir às extensões e escolher e activar o StayFocusd.

 

Comentar

Partilhar

Nintendo Wii 5 anos



PUB

O Mundo Digital: Tecnologia fresquinha, todos os dias passa na TSF por volta das 14:18.

Este blogue, escrito por Rui Tukayana, acompanha e complementa o programa. Sugestões, críticas e spam: mundodigital@tsf.pt.

No Mundo Digital usamos os tags/etiquetas para melhor catalogar as notícias. Ficam aqui algumas sugestões para as mais interessantes.

Subscrever Podcast Subscrever Podcast via iTunes

PATROCÍNIO