Luís Filipe Castro Mendes

Ministro confiante: 2018 trará aumento do Orçamento para a Cultura

Cultura pode vir a contar com fatia de 1% no próximo Orçamento do Estado.

Luís Filipe Castro Mendes acredita que o orçamento da Cultura conhecerá aumentos" no Orçamento do Estado (OE) para 2018.

O "número mágico" é 1%. O ministro não se compromete com a possibilidade de conseguir essa parcela do OE para a Cultura, mas mostra-se otimista.

"Evidentemente que, se tivéssemos esse número, seria excelente, mas o objetivo do ministério da Cultura é obter financiamentos para os projetos que considera mais importantes dentro de uma lógica orçamental", explicou.

Declarações à margem da cerimónia na qual foram conhecidos os vencedores da primeira edição do Orçamento Participativo Portugal, que decorreu esta quinta-feira no Pavilhão do Conhecimento, em Lisboa.

Um dos vencedores foi um projeto de tauromaquia. A secretária de Estado da modernização administrativa lembra que isso só mostra a democraticidade do orçamento participativo.

Na primeira edição, o Orçamento Participativo contou com a participação de milhares de pessoas de todas as regiões do país.

Na opinião de Castro Mendes, "todo o Governo tem que estar solidário com a construção do Orçamento do Estado, que "tem que visar ao mesmo tempo satisfazer as necessidades dos portugueses" e "cumprir os acordos com a União Europeia e com outras instâncias".

  COMENTÁRIOS