Globos de Ouro

O discurso de Meryl Streep: "Obrigado, imprensa estrangeira de Hollywood"

A atriz venceu o prémio carreira na edição de domingo dos Globos de Ouro e aproveitou para criticar Donald Trump, defendendo a imprensa e os estrangeiros.

O desrespeito convida ao desrespeito, a violência incita à violência. Meryl Streep aproveitou o discurso da cerimónia dos Globos de Ouro, que decorreram esta noite em Beverly Hills, para fazer duras críticas a Donald Trump.

Sem nunca falar no presidente eleito, a atriz lembrou a imitação do milionário de um jornalista deficiente durante a campanha eleitoral. Meryl Streep diz ter ficado estupefacta com o instinto de Trump para humilhar os outros.

A atriz aproveitou ainda para agradecer à imprensa e aos estrangeiros que compõem Hollywood. "Vocês, e todos nós, nesta sala, pertencemos aos setores mais vilipendiados na sociedade americana, por estes dias. Hollywood está inundada de forasteiros e se os expulsarmos todos, não terão nada para ver a não ser futebol e combates de artes marciais".

  COMENTÁRIOS