Cultura

O homem que caminha, pára e fotografa. Porque se deslumbra

Nos últimos 35 anos, Duarte Belo tirou um milhão e meio de fotografias. Parte desse espólio está agora exposto em Viseu.

Arquitecto, fotógrafo, andarilho. Autor de livros como "O Vento sobre a Terra - apontamentos de viagens" ou "Ruy Belo - Coisas de Silêncio", Duarte Belo tem vindo a fazer o levantamento fotográfico da paisagem portuguesa.

Por estes dias, apresenta uma exposição na sede dos Jardins Efémeros, na rua da Senhora da Boa Morte, por detrás da Sé Catedral de Viseu.

Ano a ano, desde 1982 até hoje, Duarte Belo escolheu algumas dezenas de fotografias que espelham a paixão de percorrer o país e, volta e meia, se deter com o que a vista lhe revela.

A exposição de Duarte Belo pode ser visitada até 18 de julho.

  COMENTÁRIOS