Música

Manel Cruz, um músico raro no Mimo

O Mimo festival começa esta sexta-feira, em Amarante, com vários nomes da música internacional, mas também com uma grande representação de músicos que falam em português.

Manel Cruz é um dos nomes do cartaz do Mimo. O músico deu voz e canções a projetos como os Ornatos Violeta, Pluto, Supernada ou Foge Foge Bandido, é mais associado à música, mas até se interessou primeiro pela banda desenhada e desenvolve também trabalhos na ilustração e na pintura.

De regresso aos palcos, Manel Cruz faz agora o prolongamento daquilo a que chamou "Estação de Serviço". Depois de uma espécie de revisão de carreira, agora dá um salto para o futuro com novas músicas, novo material que vai estrear em Amarante num espetáculo a que chama "Extensão de Serviço".

Novo disco só lá mais para a frente, para já, testa as novas músicas ao vivo e também com um espírito renovado nesta subida ao palco.

O programa musical do Mimo vai abrir na sexta-feira, dia 21, às 18h, na Igreja de São Gonçalo, com o Quarteto Arabesco a convidar Pedro Jóia e vai fechar já no início da madrugada de domingo, no Parque Ribeirinho, com Manel Cruz no palco maior junto ao rio Tâmega.

  COMENTÁRIOS