Liga inglesa

Leicester vence e consolida candidatura ao título

Um golo do argelino Riyad Mahrez cimentou o surpreendente Leicester nopo da tabela inglesa. Após o empate dos seguidores, nesta 29.ª jornada, a equipa de Claudio Ranieri foi vencer a Watford.

A equipa líder da Liga inglesa, que nunca foi campeã, ainda tem de visitar Manchester United ou Chelsea, mas, teoricamente, parece ter um caminho mais fácil do que os seus principais rivais e, sobretudo, os mais diretos perseguidores.

A vitória de hoje frente ao Watford, de Quique Flores, foi ainda mais importante depois de Tottenham (2.º) e Arsenal (3.º) terem empatado mais cedo (2-2), deixando agora o Leicester com mais cinco pontos do que os 'spurs' e oito para os 'gunners'.

O resultado ficou definido aos 56 minutos, graças a um pontapé forte do argelino Riyad Mahrez, com Vardy, melhor marcador do campeonato (com 19 golos) desta vez a ficar em branco.

Na quarta posição da 'Premier', a longínquos dez pontos da liderança, segue o Manchester City, que goleou hoje em casa o Aston Villa, com um tento de Yaya Toure, dois de 'Kun' Aguero e outro de Sterling).

Em outros jogos da 29.ª jornada, o West Ham subiu ao quinto lugar, ao arrancar uma vitória por 3-2 em Goodison Park, casa do Everton, num jogo em que esteve a perder por 2-0, mas viu o adversário perder um jogador e falhar um penálti.

A expulsão, por acumulação de amarelos, de Mirallas, logo aos 34 minutos, complicou a vida ao Everton, apesar de a equipa ainda ter chegado ao 2-0 depois disso.

Na segunda metade os três golos do West Ham aconteceram no espaço de 12 minutos (78, 81 e 90), já depois de Lukaku ter desperdiçado uma grande penalidade e o 3-0 para o Everton, aos 69 minutos.

O West Ham pode, no entanto, ser ultrapassado pelo Manchester United, sexto, que no domingo visita o West Bromwich Albion (13.º).

Em outros jogos da tarde, destaque também para o empate do campeão Chelsea em casa perante o Stoke City (1-1), e para igualdade entre Southampton e Sunderland (1-1), num jogo em que o português José Fonte foi expulso.

O central português viu o vermelho direto aos 79 minutos e o Sunderland marcou pouco depois, por Jermaine Defoe, aos 85, mas a equipa de Ronaldo Koeman -- que deixou Cédric Soares no banco -- ainda igualou nos descontos, por Van Dijk (90+3).

  COMENTÁRIOS