I Liga

Goleada "azul e branca" no Bessa

O Boavista não chegou a inaugurar o marcador. Os ''dragões' comandados por Rui Barros, regressaram aos triunfos na I Liga portuguesa de futebol, depois de dois jogos sem ganhar, ao vencer o Boavista por 5-0, em encontro da 17.ª jornada.

Os mexicanos Herrera, aos 12 minutos, e Corona, aos 62, o camaronês Aboubakar, aos 72 e 81, e Danilo, aos 90+3, apontaram os tentos dos portistas.

O FC Porto passou a somar 40 pontos, recolocando-se a quatro do Sporting (3-2 ao Sporting de Braga) e ficando, à condição, com mais três do que o Benfica, que joga ainda hoje no reduto do Nacional, enquanto o Boavista manteve-se com 10, no penúltimo lugar.

No final do encontro, Erwin Sanchez (treinador do Boavista) disse que "não é simples tentar explicar tudo isto. Quando se tem um adversário pela frente com o FC Porto podem acontecer muitas coisas".

Rui Barros elogiou a equipa pelo "mérito dos jogadores, pelo que fizeram, pelo que demonstraram, pelo caráter, e por saberem que o clube é realmente isto, que joga sempre para ganhar. Os golos foram aparecendo devido a grande trabalho que fizeram".

Sobre a saída de Julen Lopetegui do clube, o treinador interino do FC Porto lamentou, mas considerou importante olhar agora para o futuro da equipa.

  COMENTÁRIOS