árbitros

Coach de Eder: "Árbitros deviam ter preparação mental"

A técnica que ficou conhecida por apoiar psicologicamente Eder, defende que para lidar com situações complicadas que cada vez mais acontecem, os árbitros deviam usar técnicas específicas.

Susana Torres não faz coaching a árbitros, mas bem podia. A coach considera que para os árbitros lidarem com as situações de pressão constantes a que estão sujeitos deviam fazer um trabalho mental de preparação.

É preciso instalar filtros no córtex pré-frontal do cérebro, sublinha esta especialista. "Se eu tiver esta parte do cérebro ocupada com determinados assuntos, nomeadamente o impacto da minha decisão, o caso do treinador que invadiu o campo, o que quer que seja, não terei capacidade para usar o córtex pré-frontal para tomar boas decisões", diz. O trabalho da coach é garantir que a atenção está focada naquilo que interessa e na performance em campo, deixando os problemas para segundo plano.

Susana Torres salienta que independentemente de os árbitros considerarem que não conseguem lidar com situações de stress e precisam de apoio psicológico, deviam ter antes uma preparação mental específica para instalar esses " filtros".

A coach de alta performance de atletas defende que esta preparação mental dá ferramentas para lidar com situações dentro e fora de campo mas também na vida diária.

  COMENTÁRIOS