Futebol

Ex-árbitro Paulo Costa diz que estão a fazer «montagem maquiavélica» para destruir a sua imagem

O ex-árbitro internacional Paulo Costa considerou, em declarações à TSF, que estão a fazer uma «montagem maquiavélica» para destruir a sua imagem.

O jornal A Bola avança, na edição desta quinta-feira, que as associações do Porto e Braga querem Paulo Costa no comando da arbitragem depois de alterados os estatutos da Federação Portuguesa de Futebol (FPF).

Segundo o jornal, as duas associações que se opôem à revisão estatutária estariam a movimentar-se no sentido de assegurar que a arbitragem, depois de ficar sob a alçada federativa, tivesse Paulo Costa na sua liderança.

Contactado pela TSF, Paulo Costa explicou que querem denegrir a sua imagem.

«Trata-se de uma montagem maquiavélica para denegrir a minha imagem, colocando-me de uma forma claramente injusta ao lado da associação de Braga e do Porto», afirmou.

De resto, Paulo Costa considerou que o cenário colocado na notícia é impensável

«Este cenário inventado nesta notícia não faz sentido porque é completamente impossível», realçou.

  COMENTÁRIOS