Federação Portuguesa de Futebol

Selecção do Euro 2016 continua a ganhar prémios

Presidente da Federação Portuguesa de Futebol, Fernando Gomes, atribui 'prémio prestígio' aos "imortais" de Saint-Denis.

O presidente da Federação Portuguesa de Futebol, Fernando Gomes, atribuiu hoje o 'prémio prestígio' aos 23 jogadores que se sagraram campeões no Euro2016, que se realizou em França, considerando que se tornaram imortais pelo feito.

O dirigente, que falava durante a atribuição do prémio, na Gala 'Quinas de Ouro', que se realizou no Estoril, chamou um a um os campeões europeus de futebol, frisando que esta conquista jamais se apagará da história.

"São imortais, não apenas na história de federação e do desporto, mas também na história do país e na história mundial. Mundial, porque o evento mais visto em todo o mundo, em 2016, foi a vitória deles no palco de Saint-Denis. Para nós, eles não foram apenas a equipa do ano", disse.

Cristiano Ronaldo foi distinguido como o melhor jogador do ano e Fernando Santos foi distinguido como o melhor treinador.

A Federação Portuguesa de Futebol realiza uma gala para distinguir todos os que se destacaram em 2016 nesta modalidade, desde jogadores, treinadores e árbitros.

  COMENTÁRIOS