seleção nacional

O Cristiano Ronaldo do futebol feminino português

Cláudia Neto, a melhor jogadora portuguesa da atualidade, vai tentar, a partir de quarta-feira, ajudar Portugal a ir longe no Campeonato da Europa.

Chamam-lhe o Cristiano Ronaldo do futebol feminino português. "Eu sinto-me igual a todas as outras. O meu principal objetivo é sempre ajudar a seleção, não me sinto melhor nem pior que as outras, sou igual", refere Cláudia Neto entre risos e sorrisos, em entrevista à TSF, admitindo que o CR7 é uma inspiração para a carreira.

"Acho que ele [Cristiano Ronaldo] é um jogador fantástico, é o melhor jogador do mundo. Guio-me muito, por isso, pelo que ele faz. Tento ser competitiva como ele é".

Cláudia Neto (camisola 7 nas costas como Ronaldo), com 29 anos, tem uma carreira toda ela feita fora de Portugal. Depois de jogar em Espanha, atua agora na Suécia, num dos melhores campeonatos do mundo, onde esta época esteve nomeada para melhor médio do mundo.

Há nove anos, Cláudia Neto não imaginava ser jogadora de futebol: "joguei futsal durante muitos anos, entretanto surgiu a oportunidade para jogar em Espanha, no Zaragoza, não pensei duas vezes. Aceitei logo a proposta, estive lá seis anos, joguei ainda um ano no Español de Barcelona, até que surgiu o campeonato sueco que é totalmente profissional".

É na Suécia que a capitã da seleção nacional portuguesa tem somado alguns títulos, vivido uma vida feliz, "uma vida totalmente igual às outras sem qualquer tipo de impedimento", esclarece a jogadora à pergunta se ser mãe não atrapalha: "há muitas jogadoras mães, fazem uma paragem como em todas as profissões, não há impedimento.

Cláudia Neto, tal como Portugal, vai estrear-se em fases finais. Portugal começa a medir forças no Campeonato da Europa esta quarta-feira frente à Espanha. Fazem parte do mesmo grupo ainda a Escócia e a Inglaterra.

  COMENTÁRIOS