árbitros

Presidente do Conselho de Arbitragem: "Erros existem e vão continuar a existir"

Fontelas Gomes admite que os árbitros são jovens e precisam de tempo para crescer.

Ouvido no Fórum TSF, o presidente do Conselho de Arbitragem admite que no jogo de quarta-feira, entre o V. Setúbal e o Sporting, existiram erros, mas acredita que não foram propositados. O Sporting queixa-se de um penálti marcado no último minuto da partida, cuja conversão ditou a eliminação dos leões da Taça da Liga.

José Fontelas Gomes diz que o grupo de árbitros é jovem e precisa de ganhar experiência e, por isso, os erros vão continuar a existir.

O presidente do Conselho de Arbitragem promete trabalhar no reforço das medidas disciplinares contra clubes e dirigentes que critiquem os árbitros. Fontelas Gomes defende ainda que os relatórios dos árbitros devem ser tornados públicos, não adiantando no entanto qualquer data para essa medida.

Contactado pela TSF, o gabinete do secretário de Estado da Juventude e do Desporto diz ter confiança total no trabalho da Federação e da Liga de futebol. João Paulo Rebelo deixa ainda assim, um apelo ao fair-play dos agentes envolvidos no futebol.

Para discutir a polémica da arbitragem, a direção do Sporting está reunida a esta hora, e promete tomar na sexta-feira uma posição sobre o assunto.

  COMENTÁRIOS