revista de imprensa desportiva

Protesto de jogadores acaba jogo da Taça do Rei em menos de 1 minuto (vídeo)

Os jogadores do Racing de Santander, com vários meses de salários em atraso, ficaram imóveis no centro do terreno. Este caso e as noticías sobre transferências no último dia de mercado são temas da revista de imprensa desportiva.

O futebol espanhol viveu ontem um momento raro.

Depois de o árbitro apitar para o início do jogo com a Real Sociedad para a Taça do Rei , os jogadores do Racing Santander permaneceram abraçados junto ao círculo central. Poucos segundos depois o árbitro deu o jogo como terminado.

O plantel do Racing , que está na terceira divisão, tem vários meses de salários em atraso e exige a demissão do presidente do clube.

O protesto de ontem contou com o apoio dos adeptos que aplaudiram os jogadores durante os 55 segundos em que permaneceram abraçados no meio do campo.

Nesta edição da Taça do Rei, o Santander já tinha eleminado equipas da primeira divisão como o Almería e o Sevilha.

56 milhões de euros, é esse o valor, segundo vários jornais portugueses e ingleses, que o Manchester City oferece por Fernando e Mangala.

Ontem à noite houve mais uma reunião entre responsáveis do clube inglês e do FC Porto mas ainda não há acordo. Pinto da Costa estará a fazer tudo para segurar Fernando, um indiscutível no meio campo dos campeões nacionais. O luso-brasileiro está em final de contrato e ainda não renovou apesar de , segundo o Diário de Notícias, Pinto da Costa lhe ter oferecido o salário mais elevado de sempre do futebol português: 200 mil euros por mês. Apesar disso, diz o DN, Fernando quer sair. O caso de Mangala parece ser diferente. Segundo a RMC, uma rádio francesa, o defesa central não está convencido que sair em janeiro seja o melhor para a sua carreira.

A Rádio Monte Carlo disse ontem que já haveria acordo entre o City e O FC Porto por 42 milhões de euros. A confirmar-se esse dinheiro não será todo para O FC Porto uma vez que o clube detêm apenas 56,7% do passe do jogador francês.

A convocatória de Paulo Fonseca para o jogo com o Marítimo, que deverá ser conhecida ao final da manhã, poderá dar já algumas respostas sobre o que acontecerá no último dia de mercado.

Ao Benfica, dizem os jornais desportivos, chegou uma proposta do Newcastle pelo sérvio Djuricic, um número 10 que tem sido pouco utilizado por Jorge Jesus.

O clube inglês ofereceu dez milhões de euros mas a SAD encarnada considerou a proposta insuficiente. As negociações prosseguem e por isso ainda poderá haver negócio até ao final do dia.

O Benfica pagou no ínicio da época seis milhões de euros aos holandeses do Hereveen por Djuricic.

Os jornais destacam também a goleada da seleção nacional de futsal no europeu da Bélgica.

Portugal ganhou à Holanda por 5-0 e já assegurou um lugar nos quartos de final da prova.

O Tottenham junta-se à lista de clubes interessados em Nani.

Segundo a imprensa inglesa o clube londrino já contactou o Manchester United para se informar das condições do negócio.

Em Itália , os jornais dizem que a proposta do Inter de Milão foi recusada pelo United.

Nani não tem sido utilizado, aparentemente não entra nas contas do treinador David Moyes, e por isso estará também interessado em sair para garantir um lugar no mundial do Brasil.

Quem já admite não estar no Mundial é Carlos Queirós. Pelo que conta "O Jogo" o selecionador do Irão pôs o lugar à disposição.

O treinador português não gostou que lhe tivessem alterado os planos de preparação para o Mundial. A federação iraniana cancelou um estágio que devia realizar-se na África do Sul.

Em conferência de imprensa , Carlos Queirós, garantiu que quer ficar mas se chegarem à conclusão que faz parte do problema podem rescindir o contrato.

  COMENTÁRIOS