TSF

  • Menu
  • Em Directo
jogos olímpicos 2012

Carolina Borges vai ser alvo de processo de averiguação

A velejadora luso-brasileira viu hoje cancelada a sua acreditação nos Jogos Olímpicos, depois de ter comunicado por e-mail que não participava na competição por razões pessoais e médicas.

PUB

A Missão Portuguesa nos Jogos Olímpicos anunciou a exclusão da competição a velejadora luso-brasileira Carolina Borges, que iria representar Portugal na classe RS:X.

Em declarações aos jornalistas, o chefe da missão portuguesa disse ter recebido esta terça-feira um e-mail da velejadora em que esta indicava que não iria participar nos Jogos por causa de «motivos pessoais e médicas».

Mário Santos explicou que tentou contactar Carolina Borges, o que não foi possível, daí que tenha optado pela exclusão da velejadora «independentemente das razões» apresentadas.

«Entendemos que este não é o procedimento correto. Temos uma equipa médica e uma chefia de missão. Os atletas podem invocar motivos para não participar, mas estes têm de ter o nosso conhecimento prévio e tem de haver uma decisão em conjunto. Não aceitamos decisões individuais desse tipo», explicou.

O chefe da missão portuguesa indicou ainda que qualquer que seja o motivo, este tem de ser «fundamentado» e garantiu que tentou «insistentemente por todos os meios que estavam ao nosso alcance» contactar com Carolina Borges.

Perante a atitude da velejadora, a missão decidiu cancelar a acreditação de Carolina Borges e «averiguar em profundidade as razões» invocadas pela atleta.

  COMENTÁRIOS