Sporting

Scolari «alvo irrealista», reconhece Abrantes Mendes

Na apresentação da sua lista às eleições no Sporting, Abrantes Mendes lembrou que os honorários de Scolari são impossíveis para um clube em «grave crise financeira».

Sérgio Abrantes Mendes reconheceu, esta quarta-feira, que a contratação de Luiz Felipe Scolari para o Sporting é um objectivo difícil de concretizar, por causa dos honorários que o ex-seleccionador de Portugal exige.

Na apresentação da lista completa dos órgãos sociais da sua candidatura às eleições de 26 de Março, este candidato admitiu que tem tido contactos com Scolari, mas que este é um «alvo irrealista» em virtude dos «compromissos que o Sporting pode honrar» dada a «grave situação financeira» do clube.

Depois de garantir que falará sempre a verdade, Abrantes Mendes assegurou ainda que «em nome da estabilidade, o meu director desportivo chama-se José Couceiro», um nome que disse não ser novidade em relação aquilo que já tinha dito anteriormente.

Sobre jogadores, este candidato à presidência do Sporting lembrou que já lhe «ofereceram jogadores fabulosos», contudo, «encolheu os ombros», pois ainda não tem treinador para a equipa e prometeu equilibrar as contas do clube.

  COMENTÁRIOS