TSF

  • Menu
  • Em Directo
aviação

Sindicatos que representam trabalhadores da TAP vão propor 4 dias de greve

Os cinco sindicatos que representam trabalhadores da TAP vão propor greves para os dias 28 e 29 de Agosto e 11 e 12 de Setembro, em protesto contra a ausência de revisões salariais desde 2008.

PUB

Ouvido pela TSF, o porta-voz da TAP admitiu a possibilidade de haver negociações para rever salários.

No entanto, Vítor Mesquita, do Sindicato dos Trabalhadores de Aviação e Aeroportos (SITAVA), disse que, enquanto não houver sinais de diálogo com os sindicatos, o pré-aviso de greve vai manter-se.

O dirigente sindical acrescentou que as paralisações estão previstas para os dias 28 e 29 de Agosto e 11 e 12 de Setembro.
 
O responsável disse ainda que, além das revisões salariais, os cinco sindicatos da TAP denunciam a deslocalização de alguns serviços da empresa.
 
Os cinco sindicatos que estiveram reunidos hoje denunciaram, em comunicado, a compra de 40 novos automóveis para directores da TAP, dias depois da administração da companhia aérea ter informado que não estão reunidas condições para fazer revisões salariais.
 
Contactada pela TSF, a administração da TAP escusou-se, para já a comentar o pré-aviso de greve.

  COMENTÁRIOS