TSF

  • Menu
  • Em Directo
greve

Aviação: Secretária de Estado do Turismo apela a sentido de responsabilidade dos sindicatos

A secretária de Estado do Turismo apelou ao sentido de responsabilidade dos sindicatos para que as greves no setor da aviação não sejam levadas a cabo devido aos elevados impactos sobre o turismo.

PUB

Em declarações à Lusa, Cecília Meireles disse estar muito preocupada com a situação na aviação e alertou que «esta greve já está a ter consequências e pode ter consequências ainda mais graves», quer pela «imagem que passa do país», quer pelo prejuízo causado ao setor do turismo, que classificou como uma área de «esperança».

O Sindicato dos Pilotos da Aviação Civil (SPAC) entregou um pré-aviso para uma greve entre 05 e 08 de julho e 01 e 05 de agosto, enquanto os trabalhadores da NAV, empresa responsável pela gestão do espaço aéreo, vão parar nos dias 29 e 30 de junho e 01, 02 e 03 de julho.

«Levando em conta estes sacrifícios que todos os portugueses estão a fazer, levando em conta que esta greve põe diretamente em causa postos de trabalho, fazia um apelo ao sentido de responsabilidade e até de equidade destes sindicatos para que estas greves não fossem levadas adiante», disse a secretária de Estado do Turismo.

Na segunda-feira, o presidente da Associação Portuguesa de Agências de Viagem e Turismo (APAVT) disse que ia solicitar ao Governo que «tudo seja feito», desde a requisição civil a uma intervenção militar, para evitar as consequências das greves na aviação.

Em relação a este pedido das agências de viagem, a secretária de Estado não se quis pronunciar, salientando que o Governo está em conversações com os sindicatos.

  COMENTÁRIOS

Em Directo

Registe-se e receba diariamente a nossa Newsletter