Banca

Bancos surpreendidos com buscas ordenadas por Autoridade da Concorrência

Em comunicado, a Associação Portuguesa de Bancos lembrou que o setor bancário tem-se caracterizado por uma concorrência muito intensa e por grande transparência na divulgação dos preços.

A Associação Portuguesa de Bancos mostrou-se surpreendida com a dimensão das buscas feitas esta quarta-feira a várias instituições bancárias a pedido da Autoridade da Concorrência.

Em comunicado, esta associação liderada por Faria de Oliveira disse ter tomado conhecimento do que ocorreu através dos seus associados.

Esta associação lembrou ainda que o setor bancário em Portugal tem-se caracterizado por uma concorrência muito intensa e por grande transparência na divulgação dos preços.

Entretanto, contactado pela RTP, o Montepio Geral confirmou que foi um dos alvos destas buscas.

  COMENTÁRIOS