Economia

BES: Ministra das Finanças vai à Comissão Permanente da AR

A ministra das Finanças vai à Comissão Permanente da Assembleia da República (AR), quinta-feira, para prestar esclarecimentos sobre a solução encontrada pelo BES.

O pedido com «carácter de urgência» foi feito hoje pelo líder parlamentar do PS, Alberto Martins, e anunciado em conferência de imprensa na sede do partido pelo secretário nacional Eurico Brilhante Dias.

A governante será ouvida na quinta-feira pelas 16:00, tendo fonte partidária indicado à agência Lusa que a vinda de Maria Luís Albuquerque foi «consensualizada entre os líderes parlamentares».

O BES, tal como era conhecido, acabou este fim de semana depois de o Banco de Portugal (BdP) ter anunciado a sua separação num 'banco bom', denominado Novo Banco, e num 'banco mau' ('bad bank').

O Novo Banco fica com os ativos bons que pertenciam ao BES, como depósitos e créditos bons, e recebe uma capitalização de 4.900 milhões de euros enquanto o 'bad bank' ficará com os ativos tóxicos.

Após o anúncio do Banco de Portugal, no domingo à noite, o Governo, através do Ministério das Finanças, afirmou que os contribuintes não terão de suportar os custos relacionados com o financiamento do BES e a Comissão Europeia anunciou aprovar solução, que está em linha com as regras de ajuda da União Europeia.

O Novo Banco será liderado por Vítor Bento, que substituiu o líder histórico Ricardo Salgado à frente do BES e a quem coube dar a conhecer prejuízos históricos de quase 3,6 mil milhões de euros no primeiro semestre.

Notícias Relacionadas

  COMENTÁRIOS