TSF

  • Menu
  • Ouvir Emissão
espanha

Bruxelas admite que Portugal pode ser atingido por crise da banca espanhola

Por causa da estreita relação com Espanha, a Comissão Europeia admite que Portugal pode acabar por ser atingido pela crise do sector bancário espanhol. O porta-voz do executivo comunitário para os Assuntos Económicos e Monetários, Amadeu Altafaj, assume a possibilidade de contágio.

PUB

Sem esconder a preocupação, o porta voz do executivo comunitário para os Assuntos Económicos e Monetários, Amadeu Altafaj, afirma que Portugal tem todo interesse que seja encontrada uma solução para o sector bancário espanhol e não afasta a possibilidade de Portugal vir a sofrer um contágio, perante as fragilidades da economia espanhola.

«Esperamos uma recessão este ano e no próximo se não houver mudanças nas políticas económicas, que devem acontecer em Espanha. Isto tem, sem dúvida um impacto na economia portuguesa, tendo em conta os laços estreito com a economia espanhola», admitiu.

No entanto, Altafaj acredita que a solução encontrada para o sector bancário em Espanha, também benefícios a Portugal.

«Portugal tem um interesse objetivo que as dúvidas sobre a saúde do sistema bancário espanhol sejam dissipadas e ao mesmo tempo que as reformas em Espanha sejam levadas a cabo para potenciar o crescimento, que está em declínio. É claro que a solução das fragilidades do sector bancário também levarão benefícios ao sector bancário português», afirmou.

O porta-voz afasta qualquer a possibilidade de no futuro de Portugal vir a precisar de um resgate do sector bancário, semelhante ao que está a acontecer em Espanha.

«Não penso isso. O programa português aborda, não apenas a consolidação fiscal, mas também reformas macroeconómicas. E, o sector financeiro é também abordado no programa. Claro que os desenvolvimentos em Espanha têm um impacto em Portugal, mas não só. Têm também impacto noutros países membros da zona euro».

Para prevenir contágios, o porta-voz para os Assuntos Económicos e Monetários afirma que a Comissão Europeia está a acompanhar de perto todos os desenvolvimentos no sector bancário português.

  COMENTÁRIOS

Ouvir Emissão