Economia

CCP preocupada com imposto do selo sobre pagamentos com cartão

Em causa está um imposto de 4% que começou a ser cobrado aos comerciantes no mês de dezembro.

Ouvido pela TSF, o presidente da Confederação do Comércio e Serviços de Portugal (CCP) entende que não está em causa a legalidade da medida. João Vieira Lopes não esconde, no entanto, a preocupação, pelo que diz ser mais uma taxa a ser suportada pelos comerciantes.

O presidente da CCP diz que com mais uma taxa, aumentam os riscos para a sobrevivência dos comerciantes que já têm margens de lucro reduzidas.

Esta manhã, a Associação Portuguesa de Empresas de Distribuição (APED), que inclui as grandes superfícies, avisa que no final, quem vai pagar é o consumidor.

Já na terça-feira, a Associação Portuguesa de Hotelaria, Restauração e Turismo (AHRESP) adiantou que está a estudar a medida, admitindo recorrer aos tribunais.

  COMENTÁRIOS