TSF

  • Menu
  • Em Directo
união europeia

CE espera que Portugal encontre medida que compense inconstitucionalidade de cortes de subsídios

A Comissão Europeia lembrou que «cabe às autoridades portuguesas apresentarem propostas para a consolidação equivalente» após se conhecer a decisão do Tribunal Constitucional sobre o corte de subsídios.

PUB

A Comissão Europeia espera que Portugal possa encontrar uma medida equivalente que compense os cortes dos subsídios de férias e de Natal que foram considerados inconstitucionais pelo Tribunal Constitucional.

Depois de conhecida a decisão do Tribunal Constitucional que se opôs ao corte dos subsídios no setor público, o porta-voz do comissário europeu para os Assuntos Económicos lembrou que este «tribunal deixou explicitamente a medida em vigor para 2012 com a finalidade de evitar pôr em risco o objetivo orçamental».

Ao recordar que «as medidas para 2013 ainda não estão plenamente especificadas no memorando de entendimento», Simon O'Connor frisou que «cabe às autoridades portuguesas apresentarem propostas para a consolidação equivalente para 2013 e para os próximos anos».

«Estas propostas devem ser feitas durante a preparação do orçamento de 2013 dando tempo suficiente para se encontrar uma boa solução

  COMENTÁRIOS

Em Directo

Registe-se e receba diariamente a nossa Newsletter