Economia

Embaixador de Portugal em Paris critica agências de notação financeira

Francisco Seixas da Costa critica a decisão da agência financeira Moody"s em baixar o rating da dívida portuguesa na véspera de um leilão da dívida pública.

Ouvido pela TSF, Francisco Seixas da Costa afirma que a crise financeira de Portugal é várias vezes caricaturada, sendo que essa ideia é combatida explicando a realidade.

«É uma situação preocupante que é caricaturada no plano internacional» explicou o embaixador que enteden que «a notação dada pela Moody's configurou uma espécie de escândalo também a nível europeu com as declarações do presidente do Banco Central Europeu e de vários comentadores internacionais».

Seixas da Costa sublinha que a recente decisão da Moody's «teve um impacto imediato na transacção dos títulos da dívida portuguesa e no endividamento empresas públicas, nas regiões autónomas e nas autarquias».

O embaixdor português considera que o esforço português deve ser recompensado e que a dívida pública lusa não é das mais greves.

«É preciso ter em conta a dimensão do esforço que está a ser feito em Portugal, o consenso nacional que existe e a serenidade que os portugueses têm demonstrado para com esta situação.Não nos podemos esquecer do impacto no desemprego e na vida real das pessoas que a crise teve», disse.

Nesse sentido, Francisco Seixas da Costa entende que «Portugal tem capacidade de reacção para ultrapassar esta situação em relação aos outros países até porque os números da dívida não são tão graves quanto os da Grécia e da Irlanda».

Notícias Relacionadas

  COMENTÁRIOS