TSF

  • Menu
  • Em Directo
fmi

Lagarde «não está com disposição» para renegociar acordo com Grécia

A diretora-geral do FMI afirmou que «não está com disposição» para negociar o plano acordado com a Grécia pelo FMI, União Europeia (UE) e Banco Central Europeu (BCE).

PUB

«Não estou na disposição de negociar ou renegociar. Estamos na disposição de encontrar os factos», disse Christine Lagarde ao canal norte-americano CNBC, citada pela agência France Presse, numa altura em que uma equipa de técnicos da "troika" (FMI, UE e BCE) está em Atenas para iniciar o primeiro controlo às contas gregas.

«Estou certa de que [o governo grego] vai ter excelentes números para comunicar (...) Estou desejosa de saber o que fizeram nestes últimos meses para cumprir o programa» acordado com os três credores internacionais, concluiu.

Formado depois das segundas eleições legislativas sucessivas, o novo governo grego autodefiniu-se como pró-europeu, mas alertou que pretende renegociar as condições dos empréstimos concedidos à Grécia.

Desde 2010, a Zona Euro e o FMI desbloquearam dois pacotes de ajuda financeira a Atenas, um no montante de 110.000 milhões de euros e outro de 130.000 milhões, sendo este último acompanhado pela eliminação de 107.000 milhões de euros em dívida detida pelos credores privados.

Em contrapartida, Atenas comprometeu-se a voltar ao equilíbrio orçamental até ao final de 2014, com a possibilidade de adiar o objetivo por um ano, caso o crescimento do país continue muito negativo.

  COMENTÁRIOS

Em Directo

Registe-se e receba diariamente a nossa Newsletter