Governo

Pires Lima assume que Portugal tem vontade de negociar programa cautelar

O ministro da Economia assume à Reuters a vontade do Governo de começar a negociar um programa cautelar, embora considere que Portugal não vai precisar de um segundo resgate.

O ministro da Economia, que está em Londres, numa entrevista à Reuters disse não acreditar na necessidade de Portugal precisar de um segundo resgate, mas admitiu a vontade de iniciar conversas para o programa cautelar.

A ministra das Finanças já garantiu que a possibilidade de um programa cautelar não foi discutida para o caso português. Maria Luís Albuquerque sublinha que o Governo ainda não está a preparar nehum programa do género nem se quer sabe quais são as exigências.

António Pires de Lima diz que a vontade é começar as negociações no início do próximo ano, mas para já o objectivo é sair do programa com sucesso.

O ministro da Economia está a fazer uma viagem por vários países para tentar cativar investidores para Portugal.

  COMENTÁRIOS