TSF

  • Menu
  • Ouvir Emissão
economia

PS insiste na renegociação dos juros da dívida

No Fórum TSF, Óscar Gaspar, dirigente nacional do PS, disse não não perceber a posição do Governo português ao achar que se calhar não serão precisos 15 anos para pagar a dívida.

PUB

O socialista Óscar Gaspar defendeu que Portugal deve renegociar os juros da dívida, apesar de reconhecer que prolongar os prazos para o pagamento dos empréstimos é bom.

No Fórum TSF, o assessor do líder do PS para os assuntos económicos considerou que é «inconcebível» que o Governo entenda ser inaceitável a extensão para 15 anos do prazo de pagamentos da dívida à vista da posição da Irlanda.

«Quando o governo irlandês entende que quanto mais maturidade melhor, é o próprio ministro das Finanças do Governo de Portugal que diz que se calhar não precisamos de 15 anos, o que não é compreensível», explicou.

Para Óscar Gaspar, «é muito importante a renegociação dos prazos, mas também é muito importante a renegociação dos juros a pagar por estes empréstimos», que em 2013, segundo o PS, deverão chegar aos 2300 milhões de euros.

Este dirigente nacional do PS disse ainda temer que «quando a troika entender que vai dar mais um ano e não obriga o Governo a cumprir a meta seja apenas para colmatar um erro de política e um erro originado por esta política de austeridade e não para fazer o devido ajustamento».

«Quando pedimos mais tempo é porque queremos um horizonte plurianual que nos permita fazer o ajustamento das contas públicas de forma consolidada, ou seja, em que a austeridade não leve a mais défice orçamental», concluiu.

  COMENTÁRIOS

Ouvir Emissão