Europa

União orçamental da Europa está prestes a ser criada, diz Merkel

A chanceler alemã disse esta manhã, no Bundestag, que a Europa está prestes a criar um união orçamental, depois de ter discutido com o presidente francês formas de «refundar» a UE.

«Não estamos apenas a falar sobre uma união orçamental, estamos prestes a realizá-la», afirmou Merkel, acrescentando que serão necessárias «regras rígidas, pelo menos para a zona euro».

Quanto à proposta de emissão de títulos europeus de dívida pública, os eurobonds, Angela Merkel nem quer ouvir falar no assunto, por considerar que a solução não passa por aí.

A chanceler disse mesmo que quem ainda não percebeu que as eurobonds não são a solução, também ainda não percebeu a natureza da crise.

Merkel defendeu ainda que a zona euro precisa de uma união estável e o caminho da estabilidade faz-se com um maior controlo fiscal. Segundo as agências internacionais, os planos revelados pela chanceler alemã seguem a linha apresentada ontem pelo presidente francês, Nicolas Sarkozy, e incluem um novo tecto para a dívida pública.

Merkel avisou que na próxima semana, nos dois dias da Cimeira em Bruxelas, o objectivo do eixo franco-alemão é convencer os parceiros da moeda única da necessidade de alterar os tratados europeus, sublinhando que esta é a única forma de aplicar mais disciplina orçamental e impedir uma divisão na zona euro.

  COMENTÁRIOS