protestos

Espanha: 57 manifestações contra a reforma laboral este domingo

As duas centrais sindicais espanholas marcaram 57 manifestações por todo o país, num protesto generalizado contra a reforma laboral aprovada pelo governo de Mariano Rajoy.

A manifestação principal começou às 11:00 horas (12:00 em Espanha) na capital espanhola, sendo que muitas pessoas decidiram deslocar-se ao local do início do protesto muito antes para garantir um lugar. O trânsito já teve de ser cortado junto ao Passeio do Prado. Em Madrid, há outros protestos, como o do Movimento 15-M.

Em causa está a reforma laboral, que muitos peritos sindicalistas dizem representar um grande recuo nos direitos dos trabalhadores.

Com as novas regras, vai ser mais fácil despedir, sendo, por exemplo, possível despedir no período de experiência sem dar qualquer justificação e pagar menos de indemnização a um trabalhador dispensado.

O Governo do PP argumenta que a reforma laboral vai facilitar a contratação.

Estes protestos acontecem no mesmo dia de um congresso do partido do Governo, onde Mariano Rajoy irá discursar.

  COMENTÁRIOS