TSF

  • Menu
  • Ouvir Emissão
europa

Polícia londrina detém alegado membro da ETA

A polícia deteve hoje em Londres um alegado membro da organização separatista basca ETA, que esteve mais de uma década fugido, informou o Governo espanhol.

PUB

O suspeito, Kemen Uranga Artola, era alvo de um mandado de detenção europeu desde 2001, indicou o Ministério do Interior num comunicado.

O Ministério não deu pormenores sobre as circunstâncias da detenção ou da acusação contra Artola.

Segundo os media espanhóis, Artola, nascido em 1969, estava ligado ao comando Vizcaya da ETA e é suspeito de ter participado no assassínio do juiz José Maria Lidon, morto pela ETA a 7 de novembro de 2001 no País Basco espanhol.

Trata-se do quarto membro do grupo armado detido no Reino Unido desde junho. O Governo disse que 19 elementos no total foram detidos este ano, 12 dos quais em França.

A ETA é responsabilizada por mais de 800 mortes em quatro décadas de campanha para criar uma nação basca no norte de Espanha e no sudoeste de França. Em outubro, anunciou o fim da sua atividade armada, mas não respondeu às exigências das autoridades espanholas para se desarmar e desmantelar.

  COMENTÁRIOS

Ouvir Emissão