ovos

Apreendidas 20 toneladas de ovos contaminados em Espanha

O governo regional basco impediu a distribuição dos ovos contaminados com o inseticida tóxico Finopril a partir de uma empresa de Vizcaya. As 20 mil unidades de ovo líquido vão ser destruídas.

O departamento de saúde do governo regional adianta, em comunicado citado pelo jornal El Mundo, que tinha sido informado da existência de 20 toneladas de ovo líquido pasteurizado proveniente de França.

Os ovos iam ser transformados em produtos que depois entrariam nas cadeias de distribuição alimentar em Espanha. Agora vão ser destruídos.

Os serviços de inspeção do País Basco conseguiram evitar que o ovo líquido entrasse no processo de fabricação e apreendeu a mercadoria. As autoridades espanholas garantem que foi eliminado qualquer risco de saúde pública.

A Agência de Consumo, Segurança Alimentar e Nutrição assegura que Espanha continua sem estar afetada pela distribuição de ovos contaminados. Ainda assim, o país mantém ativados todos os dispositivos de vigilância para o alerta da União Europeia.

No total, 12 países europeus foram afetados pela distribuição de ovos contaminados com o inseticida tóxico fipronil. Áustria, Eslováquia, Dinamarca, Bélgica, Alemanha, França, Suíça, Reino Unido, Luxemburgo, Suécia, Roménia e Holanda já reportaram a existência de ovos contaminados nos seus circuitos comerciais.

O escândalo eclodiu a 2 de agosto, quando a Holanda alertou que tinha encontrado fipronil em vários lotes de ovos, embora a Bélgica tenha detetado a presença da substância tóxica antes, a 20 de julho.

Na quinta-feira, dois administradores da empresa Chickfriend, a companhia holandesa suspeita de ter usado o produto, foram detidos na Holanda.

Em Portugal, segundo a Direção-Geral da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural (DGAV), os ovos em causa não estão à venda.

Em grandes quantidades, o fipronil, usado para eliminar ácaros e insetos, é considerado pela Organização Mundial de Saúde (OMS) como "moderadamente tóxico" para o homem. O uso deste pesticida é expressamente proibido em animais destinados ao consumo humano.

  COMENTÁRIOS