EUA

Michelle Obama defende diversidade étnica e cultural dos EUA

Diversidade "não é uma ameaça", lembra Michelle Obama no seu último discurso enquanto primeira-dama dos Estados Unidos da América.

A primeira-dama norte-americana, Michelle Obama, defendeu hoje, no seu último discurso antes de deixar a Casa Branca, que a "gloriosa diversidade" dos Estados Unidos "não é uma ameaça".

"É isso que somos", disse Michelle Obama, num discurso durante um evento de cariz educativo na Casa Branca.

"Quero que todos os nossos jovens saibam que este país lhes pertence, a todos", enfatizou a primeira-dama, num discurso descrito como muito emotivo.

Já na fase final do discurso, entre lágrimas segundo as agências internacionais, Michelle Obama declarou que ter sido a primeira-dama dos Estados Unidos nos últimos oito anos foi "a maior honra" da sua vida.

Donald Trump, vencedor das eleições presidenciais do passado dia 08 de novembro, será empossado a 20 de janeiro, numa cerimónia pública junto ao edifício do Capitólio, em Washington. O casal presidencial Barack e Michelle Obama sairá da Casa Branca nesse dia.

  COMENTÁRIOS