Kuwait

Estado Islâmico reivindica ataque a mesquita no Kuwait

O grupo extremista Estado Islâmico reivindicou o ataque suicida de hoje contra uma mesquita xiita na capital do Kuwait que fez pelo menos 25 mortos e mais de 200 feridos.

De acordo com a agência France Presse, o braço do Estado Islâmico na Arábia Saudita, designado Província de Nadj, afirmou que o combatente Abu Suleiman al-Muwahhid perpetrou o ataque contra a mesquita. O Estado Islâmico é um grupo extremista sunita.

O mais recente balanço do atentado foi feito pelo ministro do Interior. Pelo menos 25 pessoas morreram e 202 ficaram feridas.

O grupo Província de Nadj reivindicou alguns ataques perpetrados contra mesquitas xiitas na Arábia Saudita nas últimas semanas.

  COMENTÁRIOS