Síria

Trump quer construir zonas seguras na Síria pagas por países do Golfo

O Presidente eleito dos Estados Unidos diz que os Estados Unidos não podem pagar essas zonas seguras, mas mostrou-se convencido de que as monarquias do Golfo Pérsico vão financiar a sua iniciativa.

"Vou fazer com que os países do Golfo (Pérsico) nos deem muito dinheiro e vamos ajudar a construir zonas seguras na Síria para que toda a gente possa ter oportunidades", disse Donald Trump num evento da sua campanha de agradecimento realizado em Hershey (Pensilvânia).

Trump afirmou que os Estados Unidos não têm dinheiro para construir essas zonas, já que têm uma dívida pública de 20 biliões de dólares, mas acredita que as monarquias do Golfo Pérsico vão financiar a iniciativa.

"Quando vejo o que passa na Síria, é algo tão triste, tão triste, que temos de ajudar as pessoas", disse o empresário nova-iorquino.

Apesar de falar da guerra na Síria, o Presidente eleito manteve-se em silêncio sobre a batalha de Alepo, onde as milícias aliadas dos Estados Unidos saíram derrotadas esta semana após a reconquista da cidade por parte das forças sírias de Bashar al-Asad.

Alepo tornou-se nos últimos meses um dos maiores focos de tensão entre Washington e Moscovo, que entrou em combate em apoio a Asad.

  COMENTÁRIOS