Legislativas 2011

Rio recusa comentar entendimento entre PSD e CDS

O presidente da Câmara do Porto recusou pronunciar-se sobre uma futura maioria de entendimento PSD/CDS, pois não deve «dizer mais nada» além de que quer a vitória social-democrata.

«O que eu gostaria de ver e acho que o posso dizer como presidente da Câmara do Porto é que o PSD ganhasse, a partir daí acho que não devo dizer mais nada», afirmou Rui Rio aos jornalistas.

Após ter recebido o líder do CDS-PP, Paulo Portas, na autarquia portuense onde existe uma coligação com os democratas-cristãos há nove anos que «funciona bem», Rui Rio recusou comentar se deseja uma eventual replicação daquele exemplo para o Governo do país.

O autarca do Porto definiu ainda o encontro com Portas como «uma reunião normal» entre dois parceiros de coligação autárquica e disse que receberia qualquer líder de qualquer partido como é sua «obrigação institucional», incluindo Passos Coelho.

«Se o doutor Passos Coelho quiser vir, com certeza, mas não faça disso um drama [dirigindo-se a uma jornalista] porque, por exemplo, a doutora Manuela Ferreira Leite também não foi recebida aqui em 2009 e não pediu para vir aqui», disse.

Sobre a sua entrada na campanha do PSD, Rio afirmou que «provavelmente» só o poderá fazer na próxima semana.

  COMENTÁRIOS