Papa Francisco

"Eu não pedi nenhuma tolerância de ponto"

Em entrevista à TSF, o bispo de Leiria-Fátima lembra que o Papa Francisco só chega sexta-feira à tarde.

O bispo de Leiria-Fátima, D. António Marto descarta-se da acusação, dizendo até que não era preciso nenhuma tolerância, porque o papa chega, sexta-feira, de tarde.

Mais complexa é a contestação, por parte de alguns teólogos portugueses, sobre os fenómenos de aparições e visões que terão ocorrido na Cova da Iria.

Nesta entrevista, conduzida pelo jornalista Manuel Vilas Boas, o bispo de Fátima revela otimismo sobre as condições que o santuário oferece aos peregrinos.

D. António Marto, 70 anos, natural de Chaves, é bispo de Leiria-Fátima há 11 anos. Foi ainda bispo em Braga e Viseu.

  COMENTÁRIOS