Segurança Rodoviária

Governo exige pedido de desculpas a Passos Coelho

O Ministério da Administração Interna entende que Passos Coelho deve pedir desculpas à ANSR e à Universidade Católica por causa dos seus comentários sobre um concurso público.

O Governo exigiu um pedido de desculpas por parte do líder do PSD por causa das declarações que fez a propósito de um concurso público para o tratamento jurídico de processos de contra-ordenação.

Em comunicado, o Ministério da Administração Interna «espera que Passos Coelho peça as desculpas devidas a todos os visados pelas suas declarações, nomeadamente à Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária e à Universidade Católica», cuja proposta «está a ser apreciada pelo júri».

O ministério liderado por Rui Pereira aproveitou ainda para lamentar a «atitude irresponsável de quem se pronuncia sobre uma matéria de tamanha responsabilidade sem cuidar de se informar correctamente», numa alusão ao líder do PSD.

Este ministério recordou ainda que a «decisão de lançar o presente concurso», ao qual concorreu apenas a Universidade Católica, que já assegurava, «sem interrupções», esse serviço de apoio jurídico desde 1993, «é a que melhor defende o interesse público e a segurança rodoviária».

  COMENTÁRIOS