TSF

  • Menu
  • Ouvir Emissão
pcp

Jerónimo admite que deputados comunistas vão trabalhar no Carnaval

O secretário-geral do PCP admitiu, este sábado, que se a Assembleia da República funcionar normalmente no dia de Carnaval, os deputados comunistas vão trabalhar.

PUB

«Se a Assembleia da República funcionar [os deputados do PCP] sim, depende da ordem de trabalhos desse dia», admitiu Jerónimo de Sousa, questionado pela agência Lusa à margem de um comício para a defesa dos Estaleiros Navais de Viana do Castelo (ENVC).

Desta forma, os deputados do PCP não deverão repetir a ausência do Parlamento como aconteceu em 1993, aquando da decisão do então primeiro-ministro, Cavaco Silva, de não atribuir tolerância de ponto aos funcionários públicos no dia de Carnaval.

Sobre o anúncio do actual primeiro-ministro, Passos Coelho, de não conceder tolerância de ponto em 2012, Jerónimo de Sousa lembrou o carácter «único» deste «feriado facultativo».

«É mais uma medida que aparentemente, sendo facultativa e logo não merecendo reparos do maior, vai sempre no mesmo sentido. Ou seja, retirar direitos aos trabalhadores, pô-los a trabalhar mais tempo, em trabalho forçado e não remunerado», afirmou o líder comunista.

  COMENTÁRIOS

Ouvir Emissão