Portugal

Portugal deve suspender pagamento da dívida, defende deputado socialista

Num jantar de Natal do PS de Castelo de Paiva, Pedro Nuno Santos disse que se estava a «marimbar para o banco alemão que emprestou dinheiro a Portugal nas condições em que emprestou».

O deputado socialista Pedro Nuno Santos defendeu que Portugal deve suspender o pagamento da sua dívida, algo que deixará «as pernas dos banqueiros alemães» a tremer.

Durante um jantar de Natal do PS de Castelo de Paiva realizado no sábado, este vice-presidente da bancada socialista sublinhou que se estava a «marimbar para o banco alemão que emprestou dinheiro a Portugal nas condições em que emprestou».

«Estou a marimbar-me que nos chamem irresponsáveis. Temos uma bomba atómica que podemos usar na cara dos alemães e franceses. Essa bomba atómica é simplesmente não pagamos», afirmou este deputado num som registado pela Paivense FM.

O registo que foi transmitido esta quinta-feira pela Rádio Renascença inclui ainda Pedro Nuno Santos a dizer que «ou os senhores se põem finos ou nós não pagamos».

«Se não pagarmos a dívida e se lhes dissermos as pernas dos banqueiros alemães até tremem», concluiu o parlamentar do PS.

  COMENTÁRIOS