Justiça

Submarinos: Ministra assegura que pedido do PGR nunca foi feito

A ministra da Justiça disse que, se alguma vez tivesse chegado ao Ministério da Justiça um pedido de Pinto Monteiro para verbas, esse dinheiro seria disponibilizado.

O Procurador-geral da República (PGR) justificou, terça-feira, os atrasos no processo dos submarinos com a falta de dinheiro disponibilizado pelo Ministério da Justiça.

No mesmo dia, o Ministério da Justiça esclareceu que «não recebeu nenhum pedido» relativo ao pagamento de verbas para perícias ou outras diligências que tenham sido requeridas no âmbito do caso dos submarinos ou de outro processo-crime.

Esta quarta-feira, Paula Teixeira da Cruz garantiu de viva voz que nunca foi feito esse pedido de Pinto Monteiro.

«O processo dura há seis anos e nunca foi solicitada ao Ministério da Justiça qualquer perícia ou pedida qualquer verba para o seu pagamento», assegurou.

  COMENTÁRIOS