Portugal

Universitários que dormem na rua, na Reportagem TSF

Pelas contas da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa há cinco portugueses licenciados ou com frequência universitária a viverem na rua. Desses cinco casos, dois aceitaram contar as suas histórias à TSF.

Vamos conhecer a história de "António" - nome fictício - que vive há 20 anos, na rua, em Arroios.

Foi a droga que o tirou do curso de direito, quase concluído.

Sem quase nenhum contacto com a família, "António" assume que sobrevive, numa vida que «escolhe».

Na Reportagem TSF vamos ouvir o caso de Luís.

Funcionário público durante 28 anos, curso de eletrotecnia quase completo, começou a perder tudo há dois anos. Primeira morreu a mãe, depois o fim do casamento, deixa o emprego, descobre que tem leucemia.

Avolumam-se dívidas, ele entrega-se ao álcool até que acaba a dormir num banco de jardim.

Luís viveu durante sete meses na rua e acaba de conseguir ajuda para viver num quarto.

"Só por hoje" é o título da Reportagem TSF, de Cristina Santos e Alexandrina Guerreiro, para ouvir esta 5ª feira - dia 30 de janeiro - depois das 19h - e com repetição no domingo, a seguir às 14h.

  COMENTÁRIOS