TSF

  • Menu
  • Em Directo
casa pia

Defesa de Jorge Ritto abre diário íntimo do embaixador para negar abusos

A defesa de Jorge Ritto no processo Casa Pia invocou, esta quarta-feira, o diário íntimo do embaixador para tentar provar que o arguido não poderia ter praticado o tipo de abusos sexuais de que o acusa uma das vítimas.

PUB

A defesa de Jorge Ritto diz que o arguido é forçado a expor a intimidade dos seus diários para desmentir várias da acusações dos alunos da Casa Pia.

Na continuação das suas alegações finais, o advogado Joaquim Moreira citou os diários íntimos do embaixador Jorge Ritto, que constam no processo relacionado com alunos da Casa Pia, mas que não tinham sido utilizados até agora.

Nos registos desses diários, o arguido refere que não pode nem consegue fazer várias das práticas sexuais de que é acusado neste processo.

A utilização do diário pessoal de Jorge Ritto, apreendido durante as investigações, foi polémica.

A defesa do antigo embaixador pediu ao tribunal constitucional restrições fortes no uso dos relatos íntimos de Jorge Ritto que só podiam ser usados em último caso, quando não existia outro meio de prova.

  COMENTÁRIOS

Em Directo

Registe-se e receba diariamente a nossa Newsletter