TSF

  • Menu
  • Em Directo
tinta da china

Processo contra jornalista e editora da Tinta da China arquivado

O Ministério Público arquivou o processo, por difamação, contra o jornalista angolano Rafael Marques e a editora Tinta da China, que publicou o livro "Diamantes de Sangue".

PUB

«O Ministério Público concluiu, dos elementos recolhidos nos autos, que a publicação do livro "Diamantes de Sangue" se enquadra no legítimo exercício de um direito fundamental, a liberdade de informação e de expressão, constitucionalmente protegido, que no caso concreto se sobrepõe a outros direitos», refere uima nota da Procuradoria Geral de Lisboa.

O mesmo documento refere que o Ministério Público concluiu pela ausência de indícios da prática de crime, tendo em conta os elementos recolhidos e o interesse público em causa.

Em Novembro do ano passado, Rafael Marques, foi constituido arguido.

Em Janeiro, foi a vez de Bárbara Bulhosa, como representante da editora Tinta da China.

Barbara Bulhosa, disse esta tarde à TSF, que está satisfeita, mas que nunca teve duvidas que o Livro de Rafael Marques, é um livro verdadeiro.

Arquivada a queixa, Barbara Bulhosa não esquece quem a apoiou e quem não levantou a voz, especialmente, a APEL, de que é sócia a editora Tinta da China.

O livro, nunca deixou de estar à venda, e há pouco mais de uma semana, já ia na quinta edição.

  COMENTÁRIOS

Em Directo

Registe-se e receba diariamente a nossa Newsletter