Política

Marques Guedes: Só os astros podem saber o que vai acontecer

No final da reunião do Conselho de Ministros, o ministro afirmou que só os astros podem saber o que vai acontecer, mas a expectativa é que, «para bem do país», tudo volte à normalidade.

Atualizada às 14:19

O ministro da Presidência e Assuntos Parlamentares Luís Marques Guedes sublinhou que os problemas da coligação não foram abordados. Esse é um assunto para ser resolvido pelo PSD e CDS.

No entanto, Marques Guedes adiantou que o Governo tem confiança na resolução da crise política e que rapidamente se ultrapasse. O ministro espera também que os atual situação política «não provoque nenhum atraso» nos calendários com a "troika".

Marques Guedes confirmou que Paulo Portas esteve ausente desta reunião do Conselho de Ministros, mas afirmou que, para todos os efeitos, e apesar do pedido de demissão de Paulo Portas, Portugal ainda tem um ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros em funções.

Não há vazio de poder, garante Marques Guedes.

Marques Guedes reafirmou também que nesta altura o país não pode correr o risco de abrir uma crise política.

«No momento difícil em que o país se encontra, nomeadamente com o programa de ajustamento, o que se exige é uma responsabilidade muito grande de todos os agentes políticos, particularmente da maioria, relativamente à preservação da estabilidade política que melhor possa defender todos os sacrifícios dos portugueses», adiantou.

  COMENTÁRIOS