RTP

Passos Coelho: Relvas continuará responsável pela privatização da RTP

O primeiro-ministro garantiu hoje que o modelo de privatização de um dos canais da RTP estará definido até ao final do ano e assegurou que o processo continuará a ser seguido pelo ministro Miguel Relvas.

«O Governo vai alienar um dos canais da RTP dentro dos prazos que estão previstos. É suposto que esse modelo de privatização esteja definido até ao final deste ano. Não sei se a privatização se concretizará ainda até ao final deste ano, mas o modelo da privatização estará definido até ao final deste ano», afirmou Pedro Passos Coelho, durante o debate quinzenal no Parlamento.

Respondendo a perguntas do líder do BE, Francisco Louçã, que questionou o primeiro-ministro sobre se mantém a intenção de privatizar a RTP até ao final do ano e se Miguel relvas será o responsável por essa privatização, Passos Coelho reiterou a confiança no ministro-adjunto e dos Assuntos Parlamentares, sublinhando só abandonará este "dossier' caso abandone o Governo «por qualquer uma outra razão da sua própria vontade».

O primeiro-ministro aproveitou ainda para se dirigir ao secretário-geral do PS, António José Seguro, que também tinha falado sobre a privatização da RTP na sua última intervenção no debate quinzenal, numa altura em que Passos Coelho já não dispunha de tempo para responder.

Lembrando o «conselho» deixado por António José Seguro para que não avançasse com a privatização «insinuando que o senhor ministro Miguel Relvas não estaria em condições» de assegurar o processo, Passos Coelho repudiou essas as «insinuações».

«O Governo fará, como sempre tem feito, aquilo a que se comprometeu», disse.

  COMENTÁRIOS