câmara lisboa

Paula Teixeira da Cruz diz que coligação vai encostar PSD à direita

Paula Teixeira da Cruz insistiu, esta quinta-feira, em declarações à TSF, que uma coligação com o CDS-PP vai encostar o PSD à direita. Para a social-democrata, o que interessa é que ganhe o melhor candidato para Lisboa, seja qual for o partido.

Na véspera da apresentação oficial da candidatura de Santana Lopes à Câmara de Lisboa e um dia depois de ter sido confirmada oficialmente a coligação a quatro entre PSD, CDS-PP, MPT e PPM, Paula Teixeira da Cruz afirmou que esta coligação vai colar o PSD à direita.

«Entendo que o PSD é um partido de centro», logo, «qualquer coligação à direita acabará por diminuir a margem» do partido, disse a actual presidente da Assembleia Municipal de Lisboa, eleita pelo PSD, frisando que a colocação em causa trata-se de «um problema de princípio, de valores e de objectivos».

Para a antiga vice-presidente do PSD, durante a presidência de Marques Mendes, o partido «deveria ter um posicionamento que fosse dele próprio», sobretudo na actual situação de crise, em que muitas pessoas da classe média pedem ajuda ao Banco Alimentar em Lisboa.

Questionada sobre se acredita na coligação de direita, Paula Teixeira da Cruz afirmou que mais importante do que «quem ganha ou quem perde» nas eleições é «quem resolve o problema dos cidadãos de Lisboa».

A social-democrata afirmou ainda que não se revê na candidatura de Pedro Santana Lopes.

  COMENTÁRIOS