António José Seguro

PS: Seguro diz que abdica de ser candidato a PM em prol de solução política

O secretário-geral do PS, António José Seguro, admitiu hoje que «abdicou» de ser candidato a primeiro-ministro e propôs eleições primárias alargadas a militantes e simpatizantes para que o partido encontre uma «solução política» para concorrer às próximas legislativas.

«Tenho um mandato como secretário-geral do PS para ser candidato a primeiro-ministro e abdiquei dessa minha atribuição para abrir à escolha dos portugueses», afirmou António José Seguro aos jornalistas, à saída para almoço da reunião da comissão política nacional, que decorre em Torres Vedras.

«Não tenho medo de nenhum debate, não me refugio nos estatutos. Precisamos de uma solução política, mas precisamos de perceber a mensagem que os portugueses nos dão», sublinhou.

Notícias Relacionadas

  COMENTÁRIOS