enfermeiros

Enfermeiros: Ministério admite anular concurso que paga 4 euros à hora

O Ministério da Saúde está disponível para anular o concurso que paga aos enfermeiros 4 euros à hora. Paulo Macedo mostrou-se sensível às preocupações dos enfermeiros.

É uma das soluções em cima da mesa. O Ministério da Saúde admite anular o concurso que a ARS de Lisboa e Vale do Tejo assinou para a sub-contratação de enfermeiros pagos a 4 euros à hora.

Esta posição já foi transmitida por Paulo Macedo ao bastonário da Ordem dos Enfermeiros. Numa conversa telefónica, o ministro revelou abertura para que em conjunto se encontrem as melhores soluções.

A TSF sabe que uma das hipóteses é a anulação dos concursos, ou seja, o Ministério da Saúde está disponível para rever o dossier da contratação de enfermeiros para a região de Lisboa e Vale do Tejo.

A tutela quer também que a Inspecção-Geral para as Actividades em Saúde analise os concursos abertos pela Administração Regional de Lisboa e Vale do Tejo.

Pelo lado do Sindicato dos Enfermeiros, Gaudalupe Simões aplaude a decisão de Paulo Macedo.

  COMENTÁRIOS