Saúde

Nutricionistas: Pagamento à hora fixado em 4,53 euros por concurso público

A Administração Regional de Saúde de Lisboa anunciou que adjudicou a prestação dos serviços de nutricionistas e outros técnicos de saúde a 4,53 euros por hora, em resultado de um concurso público que teve por base 7,11 euros.

Esta informação surge como resposta à denúncia lançada pela Ordem dos Nutricionistas, segundo a qual haveria profissionais a serem contratados para trabalhar em centros de saúde na Administração Regional de Lisboa e Valo do Tejo (ARSLVT) por valores inferiores a quatro euros por hora.

A ARSLVT rejeita responsabilidades na escolha deste valor, explicando que com os nutricionistas sucedeu o mesmo que com a prestação de serviços de enfermagem.

O valor fixado - 4,53 euros por hora - resulta dos valores apresentados pelos concorrentes no âmbito do concurso, que «foram inferiores ao valor base do concurso», explica fonte oficial da ARSLVT.

«No sentido de submeter à concorrência as prestações de serviço de saúde, foi lançado um concurso público para aquisição de serviços de técnicos de saúde (em que estão incluídos nutricionistas), cujo valor base foi de 7,11Euro/hora, o qual corresponde ao preço médio praticado no mercado para este tipo de prestações de serviços», acrescenta.

Esta ARS afirma que estabeleceu como base de concurso «preços base aceitáveis e dignos face à média dos preços praticados no mercado», rejeitando qualquer responsabilidade nos preços apresentados, «pois desenvolveu todos os procedimentos ao abrigo das regras da contratação pública».

A administração de saúde de Lisboa acrescenta que a negociação de salários e condições salariais é do «exclusivo âmbito de responsabilidade das empresas que se apresentaram a concurso e dos seus colaboradores».

  COMENTÁRIOS