Sociedade

Professores terão mais tempo para fazer permutas

Garantia é de Tiago Brandão Rodrigues.

O ministro da Educação decidiu prolongar o prazo para as permutas entre docentes, sem especificar quanto tempo a mais terão os professores para trocar entre si a escola onde foram colocados.

A medida surge depois da forte contestação dos professores que foram colocados a centenas de quilómetros de casa.

Esta terça-feira, um grupo de cerca de três dezenas de professores reclamou, junto da Assembleia da República, a suspensão do mais recente concurso de mobilidade interna, que consideram marcado por "injustiça e ilegalidades".

O alargamento do período de permutas entre docentes vai ser debatido na sexta-feira em reuniõe com a FNE e a Fenprof no ministério da Educação.

Para o secretário-geral da FNE, a medida é uma solução possível para o que diz serem as injustiças cometidas no concurso de professores.

João Dias da Silva considera, ainda assim, que esta possibilidade fica muito aquém da dimensão dos problemas.

Em Loulé, à margem de uma visita que decorreu no último dia do arranque do ano letivo, Tiago Brandão Rodrigues anunciou ainda que vai ser esta quarta-feira publicada a portaria para a contrataçao de 1.500 auxiliares para as escolas.

  COMENTÁRIOS