Educação

Universidade Nova de Lisboa cancela conferência de Jaime Nogueira Pinto

A Associação de Estudantes da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas aprovou uma moção pedindo o cancelamento do debate. O diretor da faculdade esclarece à TSF o que se passou.

A Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa cancelou a palestra "Populismo ou Democracia? O Brexit, Trump e Le Pen em debate", cujo único orador era Jaime Nogueira Pinto.

A decisão da Universidade Nova surgiu depois de uma moção aprovada pela Associação de Estudantes da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas que solicitava o cancelamento do debate por considerar que o evento estava "associado a argumentos colonialistas, racistas, xenófobos que entram em colisão com a mais básica democraticidade e inclusividade".

O diretor da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa esclarece que não foram ameaças a Jaime Nogueira Pinto que levaram à decisão de cancelar uma palestra do politólogo.

Nogueira Pinto disse ontem ao Diário de Notícias que a direção da faculdade optou pelo cancelamento devido a ameaças da Associação de Estudantes.

Em declarações à TSF, o presidente do conselho científico nega que se trate de uma cedência aos representantes dos alunos, mas Francisco Caramelo diz que estava em causa a segurança do acontecimento. O diretor da faculdade acredita que o alvo das ameaças não era Jaime Nogueira Pinto.

Francisco Caramelo garante que o tema do populismo vai, em breve, ser mesmo discutido na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas e promete que vai renovar o convite a Jaime Nogueira Pinto.

Notícia atualizada às 11h46 com as declarações de Francisco Caramelo.

  COMENTÁRIOS